Deputado Asdrúbal Bentes confirma renúncia ao mandato

Acusado de trocar cirurgias esterilizadoras por votos, o parlamentar foi condenado a, três anos, um mês e dez dias de prisão

Deputado Asdrúbal Bentes (PMDB) informou que só vai decidir se renuncia ou não ao mandato amanhã (26) após com o líder do partido, e com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves(José Cruz/Agência Brasil)

O deputado Asdrúbal Bentes (PMDB-PA) informou, há pouco, que entregará nesta tarde ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), a carta em que renuncia ao mandato parlamentar.

Bentes disse que tomou a decisão, que considera "a melhor saída, após conversar com a família e com a direção nacional do partido. A carta deve ser lida ainda hoje no plenário da Casa. Com isso, oficializa-se a renúncia e o suplente, Luiz Otávio (PMDB-PA), será chamado para assumir a vaga.

Asdrúbal Bentes informou também que pedirá para cumprir a pena a que foi condenado em Marabá, no Pará, e não no Distrito Federal. Ele justificou o pedido dizendo que tem domicílio eleitoral e escritório de advocacia na cidade e que pretende voltar a exercer esta atividade profissional.

Acusado de ter oferecido cirurgias de esterilização a mulheres em troca de votos, quando disputava a prefeitura de Marabá, o parlamentar foi condenado a, três anos, um mês e dez dias de prisão. Ao anunciar, nesta quarta-feira (26), a renúncia, ele voltou a negar a acusação.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.