Concurso público pergunta "quem é o rei do camarote?"
Concurso público pergunta "quem é o rei do camarote?"

Concurso público pergunta "quem é o rei do camarote?"

Além desta questão, houve outra a respeito da briga entre torcidas na última rodada do Brasileirão

07 fevereiro 2014

Quem se inscreveu no concurso público para agente de serviços administrativos da Câmara Municipal de Jundiaí (a 58 quilômetros da cidade de São Paulo) e realizou a prova nesse domingo (1), deparou-se com a seguinte pergunta no quesito de "atualidades": “Qual o nome do empresário que ficou conhecido como ‘Rei do Camarote, causando polêmica por, dentre outras coisas, segundo a mídia, gastar uma quantia exorbitânte de dinheiro em uma balada, numa única noite?”.

Entre as possíveis respostas estavam os nomes de Waldemar Iódice, Alexandre de Almeida, Ricardo Mansur, Thor Batista e João Dória Jr.

Bruna Segala, de 20 anos, comentou à Folha sua fustração. “Eu passei meses estudando sobre a guerra na Síria, protestos de junho, esquemas da NSA etc. Rei do Camarote não é atualidade, é fofoca”.

Além desta questão, houve outras duas que deixaram os candidatos revoltados. Uma a respeito da briga entre torcidas na última rodada do Brasileirão deste ano e outra sobre o local do acidente de esqui do heptacampeão da Fórmula 1 Michael Schumacher, que aconteceu no final de 2013.

No entanto, na área de conhecimentos gerais, o edital de divulgação do concurso frisava que abordaria a "análise dos principais conflitos nacionais e mundiais".

A concorrência era de 415 pessoas para um vaga, um total de 8,3 mil pessoas para 20 vagas, e quem for aprovado vai receber R$ 2.570 por mês. O prazo para pedidos de impugnação de questões termina nesta sexta (7).

Fábio Nadal, presidente da comissão de concursos da Câmara, responsabilizou a empresa Makiyama pela elaboração e conteúdo das provas.

Com informações da Folha.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    café com admMinimizar