Comprovação de renda: INSS envia contracheque semestral a beneficiários

O INSS começou a enviar, desde ontem, o primeiro lote de contracheques referentes aos benefícios pagos pelo instituto a aposentados, pensionistas e segurados em auxílio doença durante o primeiro semestre de 2008.

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começou a enviar, a partir da última quarta-feira (27), o primeiro lote de contracheques (comprovantes de rendimentos) referentes aos benefícios pagos pelo instituto a aposentados, pensionistas e segurados em auxílio doença durante o primeiro semestre de 2008.

O comprovante deve chegar à residência dos beneficiários em até dois dias úteis após a postagem, para residentes nas capitais, e três dias úteis para quem mora nas demais cidades e áreas rurais. Os primeiros contracheques expedidos serão os de benefícios com final 1, excluindo o dígito.


De acordo com o Dataprev, o próximo lote a ser expedido - de final 2 - está previsto para 1º de setembro. Os demais serão postados nos dias 9 de setembro (final 3), 17 de setembro (final 4), 25 de setembro (final 5), 3 de outubro (final 6), 10 de outubro (final 7), 20 de outubro (final 8), 27 de outubro (final 9) e 7 de novembro (final 0).

Comprovação facilitada

Além dos valores recebidos pelos beneficiários entre os meses de janeiro e junho de 2008, o contracheque traz informações sobre todos os descontos efetuados no pagamento, como parcela de empréstimo consignado, imposto de renda retido e pensão alimentícia, se for o caso.

O objetivo do documento é permitir que os beneficiários tenham facilidade em comprovar sua condição perante a Previdência Social, bem como a renda, quando for necessário, inclusive para declaração anual do Imposto de Renda.

Os beneficiários com acesso à internet podem imprimir o comprovante de rendimentos mensal. Basta acessarem a seção correspondente na página do Ministério da Previdência Social (www.previdenciasocial.gov.br), informando o número do benefício e a data de nascimento.

Procedimentos de segurança


No documento, o INSS alerta os beneficiários para medidas de segurança que devem ser seguidas para evitar que seus dados sejam roubados e usados por criminosos. O primeiro passo é nunca fornecer o número do benefício, a senha do banco ou dados pessoais a terceiros.

Além disso, o INSS nunca solicita dados cadastrais por telefone. Caso isso ocorra, o beneficiário deve desligar o telefone e ligar, em seguida, para a Central 135, pedindo informações. A ligação é gratuita, se for feita de telefone fixo.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.