Cinco passos para cumprir metas estipuladas para o ano

2014 já começou e agora temos que saber como conquistar aquilo que estipulamos à nós mesmos

31 janeiro 2014

Muitas pessoas criam metas no início do ano, mas têm dificuldade para colocá-las em prática. Seguem cinco passos para que você alcance o sucesso no final desse ano:

1. Tenha metas motivadoras e realizáveis: ao criar suas metas, analise o quanto elas são importantes para você e não para os outros. Por exemplo, se você estabeleceu que irá fazer um curso de inglês, pergunte-se se está fazendo isso porque gosta do idioma ou simplesmente porque está na moda. Quanto mais você gostar da meta, mais fácil será cumpri-la.

Calcular se as metas estão dentro de suas capacidades também é importante para que você não se frustre no meio do caminho. As metas devem ser desafiadoras, mas não podem ser impossíveis.

Também é importante que sejam objetivas. Por exemplo, se você precisa perder peso, defina quantos quilos e em quanto tempo. Se deseja economizar dinheiro, defina a quantia mensal que será salva para o seu projeto. Assim fica mais fácil verificar se elas são realizáveis.

2. Comprometa-se: é preciso que você faça um acordo psicológico com você mesmo. Um ditado diz “Para todo ganho há uma perda. E para toda perda há um ganho”, isso vale para o cumprimento de suas metas. Por exemplo, se você decidiu que iria juntar dinheiro para trocar o carro, significa que terá que abrir mão de jantares ou qualquer outra atividade que gaste o dinheiro que você deseja guardar para o carro. Escolher conscientemente ajuda a manter a motivação em alta e a entender que a “privação” temporária é uma escolha e não um castigo.

3. Inspire-se: é preciso ter força de vontade para cumprir as metas diariamente. Um exercício simples é a da visualização. Nossa mente pensa por imagens. Criar uma imagem do futuro desejado ajuda a nos inspirar. Por exemplo, se você deseja um carro novo, pegue uma foto do carro que deseja (modelo, cor, ano etc), quanto mais próximo da realidade melhor. Se deseja perder peso, pegue uma foto sua no peso que deseja chegar ou de outra pessoa que lhe traga a inspiração. Pregue essa imagem num local em que possa visualizar todos os dias. Lembre-se sempre dessas imagens, principalmente quando der vontade de desistir da dieta e, por exemplo, comer um doce bem melado, ou gastar dinheiro com o que pode ser deixado para depois.

4. Realize todos os dias: tenha o hábito de realizar ações observáveis que mostrem a você mesmo que está fazendo algo a seu favor. No caso do dinheiro, pergunte-se “onde você conseguiu economizar dinheiro?”, “quanto conseguiu economizar?” etc, no caso do regime pergunte-se “quantas calorias deixou de consumir?”, “quantas calorias a mais você conseguiu gastar nos exercícios?” etc. O importante é que você perceba o quanto você está trabalhando a seu favor.

5. Cheque e ajuste: estipule um período, que pode ser semanal ou mensal para checar seu desempenho e ajustar metas. Imprevistos podem surgir e fazer com que você tenha que reavaliar suas metas. Não se desespere porque ajustar metas não significa desistir dos sonhos, nem que é um fracassado. Significa ajustar-se à realidade conforme ela se apresenta. O primeiro período mostrará se a forma como você está trabalhando está adequada ou não. Mostrará se está exagerando demais ou se é possível “apertar” um pouco mais.

É importante ter noção de que a conquista de um sonho engloba muito mais que o sonho em si. Durante o percurso de transformar o sonho em realidade, somos obrigados a superarmos nossas limitações, vencermos a preguiça e desenvolvermos a força de vontade, a determinação, a disciplina etc.

Meiry Kamia - palestrante, psicóloga, Mestre em Administração de Empresas e consultora organizacional.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    café com admMinimizar