Café com ADM
#

Cerca de 70% do contribuintes ainda não enviaram a declaração do IR

Multa para quem não prestar as contas com o "Leão" dentro do prazo estipulado pela Receita, que vai até o dia 30 de abril, pode chegar até 20% do valor a ser declarado

Há pouco mais de um mês para o término do prazo para enviar a declaração do Imposto de Renda à avaliação da Receita Federal, mais da metade dos brasileiros ainda não prestou contas com o Leão. Para este ano, a Receita estima que 27 milhões de contribuintes declarem o IR, e para quem não cumprir com as obrigações dentro do prazo, o valor mínimo da multa é de R$ 165,74 e pode chegar a 20% do valor a ser declarado.

Os brasileiros precisam estar atentos, pois, este é o primeiro ano em que a entrega da declaração será recebida exclusivamente através da Internet. Como todos os anos, os contribuintes deixam para realizar o envio do formulário da declaração de última hora, aumentando significativamente as chances de erros, e no meio de tanta correria, algumas trocas simples, como a inclusão de vírgula ou zeros em lugares errados, podem complicar a vida do contribuinte.

De acordo com o especialista Dr. Francisco Arrighi, diretor da Fradema (Consultoria Tributária), deixar para última hora não é a melhor opção, já que a quantidade de documentos que precisam ser reunidos para o preenchimento do formulário são muitos e preencher o mesmo com pressa aumenta os riscos de erros e possível inclusão na lista do processo de verificação de inconsistências da declaração do imposto de renda, e conclue: “É sempre melhor realizar a declaração antes, e se possível com um profissional da área, que poderá tirar todas as dúvidas e orientar de forma correta o preenchimento do formulário, por isso, mesmo faltando uma pouco mais de dois meses para a entrega da declaração, o contribuinte deve usar este espaço de tempo para juntar toda a documentação necessária”.

Considerando a nova era da informática, aqueles contribuintes que tiverem dúvidas em rendas ou valores de declarações anteriores, devem fazer a certificação digital da RFB, pois assim podem obter informações diretamente do Banco de Dados da Receita, diminuindo as chances de erros na execução na DIPF.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.