Brasileiro de 17 anos é admitido em Yale e Columbia
Brasileiro de 17 anos é admitido em Yale e Columbia

Brasileiro de 17 anos é admitido em Yale e Columbia

O ex-aluno do Colégio Mater Ambilis, que recebeu, na quinta-feira (27), a carta de aceitação de duas das universidades mais renomadas no planeta, Yale e Columbia, pretende se tornar físico

Embora tenha sido aprovado em alguns dos vestibulares mais concorridos no país, das instituições de ensino superior USP, Unicamp, Unesp, ITA, IME e UFRJ, Luis Fernando Machado Poletti Valle, de 17 anos, não vai estudar em nenhuma delas.

O ex-aluno do Colégio Mater Ambilis, localizado em Guarulhos, onde estudou do 3º ano do ensino fundamental ao último do ensino médio, recebeu, na quinta-feira (27), cartas de aceitação de duas das universidades mais renomadas no planeta, Yale e Columbia, ambas pertencentes a Ivy League (em tradução literal: Liga de Hera) – grupo constituído pelas 8 universidades mais tradicionais e prestigiadas dos Estados Unidos.

Luis Fernando, o primogênito de uma família de classe média, mora com os pais e a irmã de 13 anos em Guarulhos. Devido a olimpíadas escolares de Química, Física, Português, História, Astronomia e Geografia, das quais coleciona 36 medalhas, o jovem pode viajar à República Dominicana, na Colômbia e à Grécia. Atualmente, de acordo com ele, o lugar que mais deseja conhecer no mundo é New Haven, em Connecticut onde fica o campus de Yale.

Tendo em vista que o curso custa US$ 68 mil anuais, para se formar em Física, como pretende o estudante, ainda é preciso reunir o complemento da bolsa cedida pela universidade, de US$ 46 mil anuais.

Autodidata, Luiz Fernando aprendeu a ler sozinho, começando pelos gibis da Turma da Mônica. Hoje em dia ele alterna sua leitura entre livros de filosofia e quadrinhos. Apesar da dedicação aos assuntos acadêmicos, que o popularizou na escola como "Menino Olimpíada", professores e amigos relatam que ele sabe perfeitamente dividir seu tempo entre lazer e estudo.

"Ele tem vontade de sempre estar em contato com coisas novas e de aprender mais, mas isso não é só com assuntos acadêmicos", revela a namorada, Eliaris Alvares, de 18 anos, ao Estadão.

Com informações do Estadão.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.