Café com ADM
#
Beber refrigerante é o novo fumar, afirma estudo
Beber refrigerante é o novo fumar, afirma estudo

Beber refrigerante é o novo fumar, afirma estudo

Segundo pesquisador, rótulos de refrigerantes açucarados deveriam explicitar a quantidade de açúcar e alertar que o consumo tem que ser limitado

Estudo aponta que refrigerante, um dos produtos alimentícios mais consumidos no planeta, está mais associado à diabetes do tipo 2 do que se pensa. O risco é tão alto que os pesquisadores recomendam que refrigerantes sulcados com açúcar deveriam vir com rótulos de alerta, semelhantes às embalagens de cigarros, para advertir sobre os perigos da bebida.

Pesquisadores do Imperial College investigaram a dieta de 12 mil pessoas diagnosticadas com a doença e 16 mil livres dela. Eles verificaram que tomar 360 ml de refrigerante - o equivalente a uma lata - por dia aumenta em 22% a chance de desenvolver diabetes.

Outra pesquisa mostra que bebidas açucaradas, além de apodrecer os dentes e engordar, podem danificar o fígado e os rins e aumentar o risco de câncer e demência.

Segundo Barry Popkin, da Universidade da Carolina do Norte, “se existe algum item da nossa dieta que age como o tabaco, este item é o refrigerante”.

O que acontece é que o refrigerente tende a aumentar a resistência da insulina no corpo humano, de modo que, mesmo que esta substância esteja no organismo, o índice de açúcar no sangue continua alto, caracterizando a diabetes do tipo 2.

“Os rótulos dessas bebidas deveriam explicitar a quantidade de açúcar e alertar que o consumo tem que ser limitado”, informa Nick Wareham, um dos autores do estudo.

Com informações do TheSundayTimes.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.