Café com ADM
#

Anfavea aponta diminuição na produção e venda de veículos automobilísticos

No quesito licenciamento, no entando, o resultado mostrou o segundo melhor mês de abril da história da indústria

A Anfavea, Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, divulgou na sexta-feira (9) os resultados da indústria automobilística no mês de abril e no quadrimestre. O licenciamento de veículos apresentou aumento de 21,8% quando comparado com o mês de março. Em abril, foram licenciados 293,2 mil unidades contra 240,8 mil de março.

Mas no comparativo com abril de 2013, houve recuo de 12,1%. O setor também registrou retração nos resultados do quadrimestre, foram 1,11 milhão de produtos comercializados contra 1,16 milhão no ano passado, uma baixa de 5%.

Nos quatro primeiros meses do ano foram 111,9 mil produtos enviados para fora do Brasil, diminuição de 31,9% na comparação com os 164,3 mil do mesmo período do ano passado. Já na análise mensal, o registro é de crescimento. As 36,7 mil unidades de abril de 2014 representam alta de 55,7% quando comparado com o mês de março, quando o setor exportou apenas 23,5 mil autoveículos. Mas em relação a abril de 2013, a redução foi de 30,4%, com 52,8 mil do quarto mês do ano passado.

No quadrimestre, a produção foi de 1,07 milhão de autoveículos, número 12% menor do que as 1,21 milhão de 2013. Somente em abril saíram das linhas de montagem 277,1 mil unidades, o que representa redução de 21,4% com relação as 352,4 mil do mesmo mês do ano passado e alta de 1,6% frente as 272,8 mil de março de 2014.

Caminhões e ônibus

Os licenciamentos de caminhões registraram baixa de 22%. Foram 10,9 mil unidades comercializadas em abril deste ano contra 13,9 mil em abril do ano passado. Sobre as 9,2 mil unidades de março de 2014 houve acréscimo de 17,8%. Sobre o volume de vendas nos quatro primeiros meses do ano, a queda é de 14,4% . Foram 41,3 mil caminhões em 2014 contra 48,3 mil no ano passado.

Foram comercializados 2,2 mil ônibus em abril, uma baixa de 8,8% com relação a março, com 2,4 mil, e de 19,7% frente a abril do ano passado, quando foram licenciados 2,8 mil. Ao comparar os 9,2 mil do acumulado deste ano com os 10,4 mil de 2013, o segmento retraiu 19,7%.

Os fabricantes de caminhões produziram em abril 12,3 mil veículos, 11% a menos em relação a março, com 13,8 mil. Quando comparado com abril do ano passado, o decréscimo foi de 31,6%, contra as 18 mil de abril de 2013. A produção acumulada também registrou queda. A comparação dos 55,1 mil caminhões de 2014 com os 61,1 mil de 2013 significam recuo de 9,8%.

O segmento de ônibus também seguiu em baixa. No último mês saíram das linhas de montagem 3,4 mil ônibus, inferior em 9,7% com relação as 3,8 mil de março e em 8% com as 3,7 mil de abril do ano passado. O declínio para o acumulado do ano foi de 2,1%: foram fabricadas 13,3 mil unidades este ano e 13,6 mil em 2013.

As exportações no acumulado de caminhões apresentou alta de 5,9%. Foram enviados para fora do Brasil 6,6 mil em 2014 e 6,2 mil de 2013. Enquanto o resultado para ônibus recuou 13,5%: 2,1 mil ônibus este ano e 2,4 mil no ano anterior.

Máquinas agrícolas

O segmento agrícola apresentou alta nas vendas internas em abril. As 6,1 mil unidades comercializadas no mês representam elevação de 9,6% com relação as 5,5 mil de março deste ano. Quando comparado com abril do ano passado, o resultado foi inferior, em 17,7%. Os dados do quadrimestre apontaram redução de 20,3% ao se comparar as 21 mil de 2014 com as 26,3 mil de 2013.

Em abril a produção registrou ligeira alta de 1% quando as 7,1 mil unidades são confrontadas com as 7 mil de março de 2014. A comparação com abril do ano passado aponta que o resultado ficou 22,4% abaixo ante as 9,1 mil daquele período. No acumulado foram 26,9 mil unidades produzidas este ano, decréscimo de 14,6% frente as 31,5 mil de 2013.


ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.