Você tem motivos para agradecer pelo 2015?

Uma reflexão sobre o poder da gratidão mesmo em tempos difíceis. Feliz ano velho e feliz ano novo

O ano de 2015 está chegando ao final e as pessoas e as empresas já estão pensando no próximo ano, o que melhorar, quais os planos, qual o orçamento e quais as prioridades.

Só que final de ano também é época de balanço e você têm motivos para agradecer pelo seu 2015?

O que é gratidão

Gratidão, segundo o dicionário Aurélio é ação de reconhecer ou prestar reconhecimento (a alguém) por uma ação e/ou benefício recebido.

Tomás de Aquino fez um estudo muito interessante sobre gratidão e como ela é recebida nas diversas línguas. Ele fala que a gratidão é uma realidade humana complexa que pode ser categorizada em três níveis.

No primeiro nível de gratidão é de reconhecimento em um nível mais racional e intelectual se destacam a língua inglesa e alemã (to thank / zu danken) que tem a mesma origem do pensar (to think / zu denken). E a falta dela é ligada a falta de reconhecimento.

No segundo nível, é de louvar e dar graças, é cair no amor e na graça de alguém porque nos traz um benefício, e são representadas nas línguas espanhola (gracias), francesa (merci), italiana (grazie) e árabe (shukran, shukran jazylan). Também indica que graça é um dom, algo não devido, devendo louvar. E a falta dela é ligada a algo caro, que não é de graça.

O terceiro nível é o mais profundo de todos porque cria um vínculo da obrigação, do dever em retribuir e se destaca no nosso português “obrigado” e no japonês (Arigatô), que remete a raridade, a consciência de quão difícil se torna a existência a partir do momento em que se recebeu tal favor, imerecido e, portanto, ficou no dever de retribuir. E a falta dela é uma dívida impagável.

Por que ser grato?

No livro de Mateus 13:12 diz: A quem tem será dado, e este terá em grande quantidade. De quem não tem, até o que tem lhe será tirado.

A gratidão é um sentimento e uma ação que traz muitos frutos. Então se praticar um pouco, sua vida mudará um pouco, se praticar todos os dias, sua vida mudará drasticamente e terá cada vez mais motivos para agradecer.

A gratidão muda à vida das pessoas para melhor porque muda a percepção que as pessoas tem do mundo, das situações e das outras pessoas. Pessoas gratas têm relacionamentos mais saudáveis, tem mais saúde e felicidade, além de possibilitar maior ascensão profissional.

Exercício de Gratidão

Quem é grato é agradecido a alguém ou algo por algum motivo. No livro A Magia, de Rhonda Byrne, ela afirma que quando incluímos o porquê, o motivo da gratidão, trazemos mais intensidade e mais verdade.

A autora propõe o seguinte exercício, a ser feito diariamente, em 28 dias, com dez motivos de gratidão. Complete as frases:

Sou verdadeiramente grato(a) por _________________________________(o quê?), porque _________________________________________________(motivo)
ou

Obrigado(a) ____________________________________________(nome da pessoa) por _______________________________________(motivo)

Motivos de Gratidão

A gratidão pode ser por pessoas ou por coisas e abaixo tem algumas sugestões. Só que se ao começar a ler, você lembrar de alguma mágoa, dificuldade que te impeça de agradecer, lembre de coisas do passado, do que esse relacionamento ou situação já te trouxe de bom para agradecer.

Relacionamentos: comece quem mora com você, sua família, seus colegas de trabalho, seus vizinhos, seus parentes menos próximos, professores e pense no motivo da gratidão de cada um dos relacionamentos. Quantas pessoas já te ajudaram, deram conselho, te apoiaram em algo, já te fizeram sorrir?

Saúde: normalmente só lembramos da saúde quanto a perdemos, mas lembre-se de agradecer por ela, que é o que te permite realizar coisas, seja detalhista e pense em cada parte do seu corpo, da função das pernas, braços, olhos, ouvidos e vai perceber que benção é perceber que a saúde o mantém vivo.

Pelo dinheiro: em tempos e crise e desemprego tudo fica mais difícil, mas concentre-se nas lembranças do que já conseguiu alcançar com seus recursos ou dos seus pais/cônjuge, estudo, roupas, sapatos, tratamento médico, eletrodomésticos, viagens, casa e outros. Pense também nas contas que tem que pagar, seja grato pelo benefício que ela te traz, por exemplo, quando paga uma conta de luz, pense no benefício que é poder assistir TV, ligar um eletrodoméstico, ter um chuveiro quente.

Pelo trabalho: seja grato por seu trabalho, seja ele em uma empresa, num negócio próprio, numa atividade em casa ou num trabalho voluntário. Mesmo que você não esteja satisfeito com o seu trabalho ou esteja sem trabalho, comece agradecendo pelo trabalho que você tem hoje, pelas oportunidades que já teve, pois: "Quem é fiel no pouco, também é fiel no muito.” Lucas 16:10

Pelo alimento: precisamos de alimento e água para sobreviver, então além de ser grato por cada refeição, comece a ser grato também pelo que come e vá além, pense no caminho em que seu alimento percorreu até chegar até você, alguém cultivou, transportou, embalou, vendeu, preparou.

Por sua Igreja: pelos ensinamentos, pelos pastores, pela infraestrutura, pelos ministérios, pela oportunidade em servir, pelo prédio e estacionamento, pelos funcionários, pelas pessoas que tem sustentado financeiramente a obra, pelos missionários assistidos, pelas conversões, pelas células.

A todos: quantas pessoas te servem a cada dia? Seja grato pelo motorista do ônibus, o cobrador, o garçom, o gari, o ascensorista do elevador, o policial, o bombeiro, o médico, o vendedor na loja, o atendente da padaria e do açougue. Diga obrigado às pessoas e se não for possível pessoalmente, faça em oração.

Por você: quando somos gratos por nós mesmos, sentimentos de insatisfação ou a sensação de que não somos bons o suficiente desaparecem por completo. Então vá até o espelho e diga pelo menos três qualidades suas pelas quais é grato.

A Deus: agradecer pela vida, pela natureza, pelos dons que Ele te deu, pela graça da salvação, por ele ter enviado o seu filho Jesus, por Ele nos amar incondicionalmente, por Ele te proteger do mal, por Ele ser justo e consolador.

Quando começar?

Comece a ser grato agora e a cada dia comece a ser grato a cada manhã, que são repletas de oportunidades para você dizer obrigado.

Assim que acordar, antes de se levantar, agradeça por estar vivo, por respirar, pela noite de sono, por ter dormido em uma cama quentinha, por estar protegido debaixo de um teto.

Quando não nos sentimos gratos pelo que temos, acabamos deixando de dar valor a elas e nos deixando contaminar só por pensamentos negativos, reclamações que acabam te impedindo de ser feliz.

Numa expressão máxima da gratidão em terceiro nível, o meu Muito Obrigada e profunda gratidão pelo 2015 pelos relacionamentos, pelas oportunidades, conquistas e também pelas dificuldades e desafios pessoais e profissionais, que me permitiram cuidar de outras pessoas, ser cuidada, tratada e transformada para um início muito melhor em 2016, que independentemente das crises e incertezas, em que possa diariamente exercitar o poder da gratidão uma, duas, três...cem vezes ao dia.

“Cem vezes por dia, eu lembro a mim mesmo que minha vida interior e exterior dependem do trabalho de outras pessoas, vivos e mortos, e que devo me esforçar para dar na mesma medida que recebi e continuo a receber” Albert Eistein

ExibirMinimizar
Digital