Você está escolhendo o canal de comunicação certo para seu público-alvo?
Você está escolhendo o canal de comunicação certo para seu público-alvo?

Você está escolhendo o canal de comunicação certo para seu público-alvo?

Nem sempre utilizar das ferramentas de comunicação que são tendência é a melhor saída

Quando o assunto é canal de comunicação com futuros clientes, as ferramentas que vêm primeiro na cabeça do empreendedor moderno são as redes sociais. Claro que nelas hoje em dia estão presentes todos os públicos de diferentes gostos, faixas de renda e idade, porém será que essa forma de divulgação é a mais eficaz para seu produto e serviço?

Divulgar nas redes sociais sua marca, seu produto ou sua prestação de serviço é, além de efetiva quanto ao alcance, a forma com menor custo comparado com mídias como TV e Rádio. Mas o gestor deve avaliar se, para aquele nicho de público e para aquele determinado bem, as redes sociais são de fato a forma mais adequada para converter esse alcance em vendas de fato.

Estar inserido em mídias como o Facebook, Instagram e Twitter é necessário para qualquer estabelecimento, seja qual for seu ramo de atuação. Isso mostra que a empresa está disposta a estar no mundo digital e se comunicar com seus usuários. Mas concentrar todas as forças de publicidade apenas nesse canal pode, dependendo do objetivo, se tornar uma experiência falha.

Para definir o canal ideal para divulgar seu produto ou serviço, sugiro algumas dicas:

1) Mapeie o seu público

Antes de divulgar sua marca, produto ou serviço você precisa saber para quem fará essa divulgação. Qual é o público alvo para cada produto, quais são suas características e quais dos canais de comunicação disponíveis esse público tem mais contato. Uma mesma empresa pode conter produtos que divergem quanto ao público final, portanto esse levantamento é extremamente necessário. Utilize uma planilha simples de Excel para isso.

2) Levante os custos-benefícios

Para decidir qual ferramenta vai utilizar para fazer sua divulgação, você precisa necessariamente saber quanto isso implicará em custos e qual será a conversão em vendas esperada. Muitas vezes, escolher uma forma de divulgação com baixíssimo custo mas não ter nenhum retorno efetivo acaba se tornando prejuízo, da mesma maneira que obter grande retorno mas utilizar uma forma de divulgação extremamente cara se torna muito ineficiente. Levante os custos-benefícios, ligue com o mapeamento anteriormente feito e escolha seu canal de comunicação.

3) Acompanhe sempre o andamento da sua campanha

Tenha o controle de como está indo a sua campanha, quanto está gastando, quanto está sendo o retorno, enfim, acompanhe todos os resultados. Em muitos canais, à curto prazo, o retorno pode efetivamente não vir, mas é necessário que o gestor entenda isso e vá acompanhando. Se o retorno, depois de determinado período, não chegar da maneira esperada, estude o que faltou para que a campanha alcançasse o resultado almejado e reformule sua estratégia a partir dessa análise.

O que é proibido é desistir de divulgar sua marca, seu produto e serviço pelo insucesso em determinada campanha em um canal de comunicação. Tenha resiliência e reinvente a forma de se comunicar com seus clientes e prospects, mas desistir de divulgar o que você tem a apresentar de bom para o mercado é colocar sua empresa na rota do fracasso.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento