Você escuta ou ouve o outro?
Você escuta ou ouve o outro?

Você escuta ou ouve o outro?

Experimente praticar a escuta ativa para aumentar o seu nível de conexão com o outro

Se você mantém os ouvidos fechados para o outro, como poderá compreendê-lo? O fato de saber que o outro está falando não significa que sua atenção está direcionada a ele, que seu foco está diretamente na outra pessoa. Escutar é uma coisa, ouvir é outra. Ouvir tem relação com os sentidos da audição; é físico. Você ouve um som ou não. Mas só ouve; é uma ação passiva. Você não exatamente está querendo captar aquele som. Ele entra nos seus ouvidos involuntariamente. Se seu sistema auditivo está apto a reconhecer sons, você vai ouvir, mesmo, às vezes, sem querer.

Escutar é mais profundo. A ação ativa requer atenção, vontade, dedicação. Você toma a decisão de escutar se quer mesmo se voltar para o outro, colocar o foco no outro. Então escutar não é só captar o som, mas interpretar o que o outro está dizendo.

E qual é a vantagem de escutar e não apenas ouvir? Bom, a atitude de escutar pode promover uma conexão. É assim que você se aproxima do outro, consegue ajudá-lo, entendê-lo. Assim você mostra interesse, se envolve, consegue reciprocidade.

Já passou por alguma situação em que o outro está lhe dizendo algo e você simplesmente não escuta? Talvez por defesa, você se fecha para aquele conteúdo. A pessoa até diz depois: “mas eu te falei isso” e você diz: “não, você nunca disse isso pra mim”. Com essa atitude, o movimento seguinte é concluir o que a gente quer, o que é mais confortável para nós. Ou seja, de forma alucinada - porque o que não é real é alucinação - a gente tira as conclusões precipitadas e mais convenientes para nós naquele momento. É possível ter entendimento numa situação assim?

No mínimo, é mais difícil. O interessante aqui é entender a dinâmica e ficar atento para escutar o outro na essência, se esforçar para entender o que ele está dizendo e por que pensa dessa maneira e, sem fazer julgamentos ou conclusões precipitadas, mas preocupando-se em compreender o conteúdo da fala dele e, principalmente a intenção positiva.

Experimente buscar essa conexão maior com as pessoas por meio da audição ativa: queira escutar o outro, queira entender o que o outro tenta manifestar.

Você vai descobrir muita coisa boa!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento