Você é um job hunter?

Todos que já passaram pela angústia de ficar desempregado sabem bem como é isso. Você avisa para todos os familiares, amigos e pessoas influentes que conhece, deixa o seu currículo em agências de emprego, busca vagas nos classificados dos jornais e na internet, e nada acontece. Onde está o meu emprego? O que posso fazer para efetivamente, conseguir uma ocupacão, de preferência em uma empresa legal, com colegas de trabalho e salário idem? A dica dos especialistas em carreira e recolocação é: seja um caçador de empregos! O caçador de empregos, ou job hunter, em inglês, não é apenas a pessoa que está em busca de emprego, mas quem faz a busca de maneira pró-ativa e sabe se diferenciar dos demais. Que tal fazer um teste? Tente fazer uma pesquisa em um site de busca internacional com as palavras "job hunter"ou então "job hunting". O site Google, um dos maiores da internet, indicava, em 01 de agosto de 2002, 27.000 resultados para"job hunter" e 119.000 para "job hunting". Tirando os excessos, páginas repetidas e possíveis erros do site, pode-se chegar a uma média de mais de 50.000 páginas com a última expressão. Estes números mostram o crescimento de um conceito que começou nos Estados Unidos, mas já disseminou-se pelo mundo afora: o job hunting, muito utilizado quando se fala de busca de emprego na web. De acordo com uma pesquisa do The Pew Internet & American Life Project, cerca de 52 milhões de americanos procuraram informações sobre vagas de emprego na internet, um aumento de 60% no número de job hunters - caçadores de emprego - em relação ao mesmo período em março de 2000. O PIP é uma iniciativa sem fins lucrativos do "Pew Research Center for People and the Press", centro de pesquisas norte-americano. Seja aqui ou no exterior, o número de pessoas que buscam informações sobre emprego na internet é cada vez maior. A rede mundial é uma das ferramentas mais eficazes para fazer a busca por emprego. Hoje existem milhares de sites, alguns no Brasil e outros tantos no exterior, que ajudam o caçador de empregos a encontrar muitas informações sobre carreira e mercado de trabalho, vários contatos interessantes e artigos, dicas e considerações de profissionais experientes no mercado. Achar o emprego é a parte final do processo, mas nem por isso é menos importante, pelo contrário. Teoricamente, todas as pessoas, empreegadas ou não, são job hunters, mas alguns profissionais atuam ativamente e saem na frente nesta busca, na tentativa de alcançarem a vaga mais rapidamente. O certo seria o job hunter atuar como o head hunter, profissional que vai em busca dos talentos no mercado, atuando de forma criativa e profissional. De acordo com Irene Azevedo, headhunter e gerente-sênior da consultoria KPMG, "a pessoa não deve esperar ficar completamente desempregado para buscar emprego. É ideal agir ativamente em prol de recolocação, como faz o headhunter, que não também não fica esperando sentado pelos talentos". Confira as dicas para ser um job hunter completo: · Coloque seu currículo nos sites corporativos das empresas que você deseja trabalhar; · Mantenha um networking sempre ativo e tente rever todos os seus contatos na hora de buscar um emprego; · Cadastre seu currículo em sites de emprego da internet, pagos e gratuitos; · Procure as câmaras de comércio e associações de classe da sua área e deixe seu currículo lá também.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.