Veja porque, neste momento, o e-commerce é uma ótima oportunidade para seu negócio!

Lucro do varejo sofre queda de 14,7% em comparação ao mesmo período do ano passado. Agora, no e-commerce, o crescimento foi de 26%!

O e-commerce nacional superou as expectativas de faturamento durante as negociações do último Natal. Segundo a E-bit foi registrado um crescimento 26% maior que o período natalino em 2014 alcançando, assim, R$ 7,4 bilhões em faturamento.

Enquanto as vendas virtuais crescem neste fim de ano, as negociações físicas, especialmente em shoppings, vêem seu desempenho retroceder. Segundo a Associação Brasileira de Lojas de Shoppings (Alshop), este foi o pior Natal em dez anos, registrando 1% de queda no total de pedidos.

Segundo a Alshop, as vendas sofreram decréscimo devido a fatores como: dificuldade na obtenção de crédito, altas taxas de juros e elevações do dólar, o que gerou insegurança nos consumidores e uma menor procura por produtos em lojas físicas. No total, o varejo físico sofreu queda de 14,7% nos lucros em comparação com 2014, segundo a Fecomércio.

Em contrapartida, a maior conveniência das negociações realizadas pela internet, com a comparação facilitada dos preços, sem necessidades de filas, o recebimento da mercadoria em casa, acrescidos dos bons retornos da Black Friday, motivaram a preferência pelo e-commerce.

Neste Natal 2015, entre o período de 15 de novembro e 24 de dezembro, foram feitos 17,6 milhões de pedidos via internet, sendo que 9,3 milhões de clientes realizaram sua primeira compra virtual. Além disso, o ticket médio das negociações registraram crescimento de 8,4%, ou seja, uma média de R$420 por pedido.

ExibirMinimizar
aci baixe o app