Uso da newsletter no marketing digital

Conforme pesquisa da Nielsen IBOPE de setembro de 2015, o total de pessoas que utilizam a internet pelo smartphone chegou a 72,4 milhões. O aumento foi de 4%, ou 4 milhões de pessoas, em relação ao primeiro trimestre de 2015. Todos sabemos que a presença nas redes sociais é abundante, mas conhecer os números reforça que o marketing digital esteja presente nas estrategias das empresas

Conforme pesquisa da Nielsen IBOPE de setembro de 2015, o total de pessoas que utilizam a internet pelo smartphone chegou a 72,4 milhões. O aumento foi de 4%, ou 4 milhões de pessoas, em relação ao primeiro trimestre de 2015. Todos sabemos que a presença nas redes sociais é abundante, mas conhecer os números reforça que o marketing digital esteja presente nas estrategias das empresas.

Quando pensamos em marketing digital já remetemos ao uso de redes sociais e google, mas não podemos esquecer do velho e (talvez nem tão querido) e-mail marketing. Apesar do desgosto e preconceito de muitos, o e-mail marketing ainda é considerado uma ferramenta extremamente eficaz para atingir o público-alvo. Principalmente para empresas e entidades que já contém um mailing para disparo de e-mails.

O importante no planejamento para esta mídia é definir bem o objetivo, a mensagem e o real público-alvo. Com isto em mente, a oportunidade de gerar retorno com a atividade tende a crescer muito. Abaixo algumas etapas importantes a se pensar para incluir a newsletter na estrategia de marketing digital.

Objetivo

O objetivo da comunicação pode ser vender, informar, reforçar a presença da marca. Esta é a etapa para saber realmente como será o uso da newsletter para atingir o público-alvo.

Público

Conhecer o público é fundamental para uma boa comunicação. Caso haja a possibilidade de segmentação dentro de seu mailing, ainda melhor. Apenas porque todos são seus clientes não quer dizer que todos gostam ou pensam a mesma maneira. Trabalhar com segmentação e afinidades de grupos de clientes gera um melhor engajamento na marca e contribui para melhores taxas de retorno e evita que clientes marquem seus e-mails como spam.

Design

Apesar da tentação de uma newsletter cheia de informação e chamativa, o leitor já não presta tanto atenção em e-mails longos. Menos continua sendo mais hoje em dia com a sobrecarga de conteúdo que temos.

Além disso, uma newsletter simples carrega mais rápido tanto na internet banda larga quanto em uma conexão 3G e temos que lembrar que hoje os dispositivos moveis são a primeira conexão de muita gente.

Sobre o excesso de informação, a leitura de uma newsletter segue o princípio do resto da internet. Você não gosta de ler um post de 10 minutos na internet ou ver algum vídeo muito longo. Então porque gostaria de ver algo sobre um empresa que demorasse tudo isso?

É preferível lançar newsletter com mais imagens e menos informações mais vezes em um período que somente uma com muito conteúdo. Desta maneira, a pessoa vê mais sua marca e grava melhor o conteúdo de cada um, pois pode relacionar cada e-mail com um assunto diferente.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento