Uma vida mais simples

A convivência entre os seres humanos, esta ficando cada vez mais difícil. Ninguém mais tem tempo pra coisa alguma. Um simples bom dia pra um vizinho é encarado como algo enfadonho e desnecessário, já que ele ou ela não faz parte do meu ou do seu circulo de amizades e da nossa rede de influência. Em outras áreas da vida pessoal seguimos o mesmo raciocínio. Nas cidades cosmopolitas deixamos de ir ao cinema, a uma peça teatral, ou simplesmente passear na praça com o cão que temos em casa. Por que afinal de contas eu comprei esse cachorro? Que droga! A falta de tempo e a busca frenética por ter nos privam de poder interagir com as pessoas de forma saudável. Sei, e vocês também devem ter conhecimento de adolescentes que tem mais nomes em sua agenda virtual do que jamais poderiam interagir pessoalmente. São centenas deles, milhares grudados na tela do computador conversando sobre tudo e todos enquanto o sol brilha lá fora, de graça. Qual foi a ultima vez em que tirou um domingo ou sábado só pra si. Sem afazeres domésticos, formulários a preencher, provas a corrigir... Aquele livro de poesias, de contos, de qualquer autor, de qualquer editora. A revista semanal dessa semana ficou esquecida sobre a cômoda. A velocidade dos acontecimentos já atropelou a sua atualidade... É desconcertante ter se tantas coisas e não poder desfrutar de nenhuma delas, por falta de tempo, de vontade ou ate por achar-se indigno. Não por que não mereça, mas porque o ócio é privilegio de poucos. -Que saudade dos tempos de infância! certa vez me confidenciou um primo. - Credo! Que saudosismo! Por que isso agora?. Fácil. Não se tinha noção da vida adulta, não precisávamos tomar decisões, não assumíamos riscos.Tivemos que crescer; eu, você, ele e deixamos adormecer a fantasia, o lado lúdico inerente a cada um de nós. Lembro-me de minha mãe dizendo que muito riso, sinal de pouco siso. Filhos, contas, remédios, impostos, taxas... Escolhas precisam ser feitas a todo o momento, de maneira acertada e urgentemente. Valerão por uma vida inteira, mas o relógio corre contra nós. O tempo não passa, voa, urge e agora mais que nunca, não da pra vacilar, não há espaço para o pensei que....
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.