Um estudo sobre os fatores empresariais que contribuem para o sucesso das micro e pequenas empresas

Fatores que conduzem micro e pequenas empresas ao êxito empresarial

A cada dia torna-se mais perceptível o surgimento de novos negócios no Brasil, porém, nem sempre alcançam o sucesso almejado. As micro e pequenas empresas de sucesso, primordialmente, pensam nas consequências de suas ações, em seus colaboradores, na comunidade, nos clientes, nos fornecedores e em seus sócios. Sem dúvida as micro e pequenas empresas desempenham funções econômicas e sociais de suma importância para o avanço do país, tanto pela sua imensurável tendência geradora de empregos, quanto pela estima do vasto número de estabelecimentos dispersos geograficamente, tornando-se indispensáveis para o desenvolvimento e economia não somente do país, mas também para pessoas, que possuem um espirito empreendedor com aspecto visionário e inovador para os negócios.

As micro e pequenas empresas, também movimentam a economia nos bairros, nas comunidades e de várias localidades, produzindo, criando e comercializando itens e bens necessários à sociedade, contribuindo ainda, para o aumento da renda familiar e aglutinando pessoas em seu entorno, limitando assim, inclusive, fatores negativos à economia e à sociedade local, e, sobretudo, impulsionam a redução da desigualdade social, pois além de contribuir com o avanço do Brasil tendem a estimular empreendedores.

É neste caráter de empreendedorismo que a maioria das pessoas planeja a abertura de um negócio, que lhes dê a possiblidade de ser o próprio dono. Outros fatores que contribuem para a inserção desses indivíduos no segmento micro empresarial são: motivação em adquirir estabilidade financeira, ascensão social; melhorias na qualidade de vida; às vezes única opção de trabalho, para aqueles com o dilema de recolocação ou inserção no mercado de trabalho, e como jovens em situações de busca do primeiro emprego. Estudos revelam que a taxa de mortalidade das micro e pequenas empresas no Brasil são de 80% antes mesmo de completarem o primeiro ano de atuação no mercado. Isso se dá pelo fato de que, há insuficiência na gestão administrativa e financeira dessas entidades, destacando o fluxo de caixa, ausência de inovação, e falta de plano de negócio, para distinguir a identidade dessas micro ou pequenas empresas e outros aspectos significativos que colaboram para o fechamento desses empreendimentos. Este índice cai para 20%, quando elas obtêm apoio das incubadoras, que são ambientes de trabalho ou projetos que tem como objetivo principal, apoiar as pequenas e micro empresas em seus primeiros passos, oferecendo serviços básicos de consultoria e orientação, assistência, treinamentos, auxílio no desenvolvimento econômico, acesso a investidores e vários outros benefícios.

De tal modo, percebe-se a eminente necessidade de esclarecer que a maioria das micro e pequenas empresas, para sobreviverem no mundo empresarial e terem sucesso, carecem adotar algumas medidas, alguns fatores e qualidades essenciais para o seu desenvolvimento, tais como: dominar o mercado atual, saber aproveitar o momento oportuno para os negócios da empresa, explorar seu público alvo, planejar e organizar os objetivos e metas a serem atingidas. Não é fácil, mas também não é impossível conquistar este sucesso. A partir desta posição, é possível prover o crescimento econômico desejado por todos e estruturar as bases para um desenvolvimento de uma micro e pequena empresa de sucesso.

O sucesso das micro e pequenas empresas certamente estão em fazer, continuamente a gestão do negócio, ou seja, é trabalhar a melhor maneira de dirigi-las, guiá-las e controlá-las.

Não basta apenas dominar o mercado, isso é importante, mas é preciso estar a par, das constantes inovações e das novidades atuais. Na realidade as micro e pequenas empresas necessitam sem dúvida, de fatores que são essencialmente necessários para o progresso de toda organização.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento