Café com ADM
#

Um Brinde!

Tomem uma garrafa de vinho por mim e digam a meu pai que a avalanche foi sem querer Li esta frase quando folheava algumas revistas velhas, tenho esse hábito. Às vezes uma notícia antiga nos permite uma nova leitura, uma nova maneira de olhar e de ver certas situações. Esta frase foi pronunciada, via rádio, pelo alpinista brasileiro Othon Leonardo, 23 anos, nos últimos instantes de sua vida, Quarta Feira 04.02.98, após uma avalanche no morro do Aconcágua na Argentina. Após reler a matéria, me emocionei a pensar sobre nossos sentimento e paixões com relação a nosso trabalho, nossas profissões e nossos projetos. Estamos acostumados a ouvir falar de diversas formas de sentimentos, mesmo assim, a cada dia me surpreendo. Quanto envolvido estava aquele rapaz com sua escalada, a ponto de pedir um brinde em sua memória, na hora de sua morte, após conversar por rádio, durante duas horas e meia, com um amigo também alpinista, que escapara do acidente na montanha gelada. Podemos pensar no bombeiro, com sua vocação para enfrentar o fogo, ele é tão consciente do risco ao qual está exposto, quanto ansioso por enfrentar o perigo; no atleta que supera a própria resistência para completar uma maratona. Quando se tem uma determinação e um objetivo, obstáculos se transformam em apenas detalhes durante a escalada. Para isto, é necessário estar motivado diante de ação. O trabalho humano, conforme o conceito filosófico, é o processo pelo qual o homem transforma a natureza, e ao mesmo tempo, a si mesmo. Devido os altos índices de desemprego e a concorrência no mercado de trabalho, é privilégio de poucos poder trabalhar em funções que traga satisfação plena, no entanto, seja qual for a situação, nada impede de buscarmos formas e variações para realizar nossas tarefas com prazer. Certamente o sucesso profissional e até pessoal, só acontece a partir de trabalhos que nos façam felizes. Jamais faremos aquele pouquinho a mais que nos trás destaque e satisfação, se não estivermos em equilíbrio com nossas realizações. Atividades que tornem o dia a dia insuportável, devem ser revistas e transformadas o quanto antes, ou estaremos pondo em risco nossa saúde. Em todas as áreas há profissionais apaixonados pelo que faz, devemos descobrir nossas paixões e seguir este sonho, não há sucesso sem sacrifício, felicidade não cai do céu e não se encontra nas prateleiras dos supermercados. Precisamos nos expor ao risco consciente e seguro. Dizer não a acomodação e vencer a inércia, só assim encontraremos a qualidade de vida que tanto almejamos. Brindemos ao alpinista, bridemos a nossas buscas mais íntimas. É através destas viagens interiores que nos resgatamos e adquirimos forças para realizar nossos sonhos. Gostaria de convidar você a tomar aquela garrafa de vinho, sem se preocupar se vai chorar ou sorrir durante. Quero convidar você a se emocionar da forma mais bonita e expressiva, a escutar sua música preferida, faz bem à alma. Em nossa homenagem, enquanto profissionais em processo de melhoria contínua e enquanto seres humanos do alto de nossas escaladas. Um brinde.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.