Três indícios de que é hora de repensar sua carreira
Três indícios de que é hora de repensar sua carreira

Três indícios de que é hora de repensar sua carreira

Será que você está realmente satisfeito com o seu trabalho? Confira esses três indícios e reflita

Mesmo em momentos de crise como o que estamos vivendo atualmente, parar um pouco para refletir sobre os rumos da sua carreira é necessário. Não importa sua idade, capacitação atual ou tempo de serviço, todos possuem uma realização profissional a alcançar e nunca é tarde para tentar isso. O que o profissional não pode é se acostumar com o descontentamento por comodismo e medo da mudança.

Listo aqui três indícios de que talvez seja hora de você refletir e repensar os rumos da sua carreira o quanto antes:

#1 – Você trabalha contando os minutos pelo fim de semana

Segunda-feira, oito horas da manhã. Faltam cinco dias para o final de semana. Segunda-feira, meio dia. Faltam quatro dias e meio para o final de semana. Se você realiza essa contagem regressiva mentalmente todas as semanas, pode ser um indício de que é hora de repensar sua carreira.

Lógico que todos nós gostamos do final de semana, de relaxar e descansar, mas esperarmos em todo início da semana desesperadamente para que ela termine mostra a insatisfação com o trabalho e torna um sacrifício acordar todo dia e ir trabalhar.

#2 – Você não gosta de falar sobre o seu trabalho

Claro que quem fala só de trabalho a todo momento se torna uma pessoa chata, principalmente nos ambientes de descontração, mas é nas conversas sobre o trabalho fora do próprio ambiente de trabalho que oportunidades e soluções de problemas podem surgir.

Se você tem pavor e irritação quando o assunto é o seu trabalho, provavelmente você está sofrendo de insatisfação profissional. Conversar sobre o trabalho e seu ambiente pode te auxiliar para entender porque você está insatisfeito e como pode melhorar isso. E é em um conselho de um amigo ou pessoa próxima que você pode encontrar uma luz para a solução dos problemas da sua carreira.

#3 – O que você gosta no seu trabalho? O dinheiro

Se a única coisa que te anima profissionalmente é o salário que o seu trabalho fornece, você pode estar sofrendo de insatisfação profissional. Nesse momento caímos naquela discussão de ganhar pouco mas fazer o que gosta ou ganhar muito fazendo o que não gosta, mas trabalhar só pelo dinheiro de fato não é nada saudável.

Porque se o que te motiva é apenas a questão financeira, sua carreira vai ser responsável por apenas te trazer uma realização material. Claro que o dinheiro proporciona conquistas como viagens nas férias, uma casa confortável e um carro potente, mas será que você se formou e batalhou apenas para isso?

A realização profissional não pode ser medida apenas pela questão monetária. Construir algo que te orgulhe e dê vontade de contar a todos sobre suas conquistas no trabalho, seja qual ele for, é um exemplo de carreira de sucesso. Você tem muito mais capacidade do que apenas trabalhar a semana inteira para aproveitar os dois dias do final de semana. Encontrar no trabalho a satisfação profissional nos torna pessoas melhores, seja no aspecto pessoal e profissional, faz bem para nossa saúde física e mental.

Se você se encaixou em um ou em todos esses três itens, aproveite o próximo final de semana para repensar sua carreira e colocar no papel e planejar uma virada de cenário para encontrar sua realização profissional. Mas, se você não se encaixou em nenhum desses itens e se sente realizado profissionalmente, meus parabéns, pois poucos são os profissionais que alcançam essa realização e a caminhada para isso é longa.

E você, já encontrou a sua realização profissional?

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento