Treinamento e desenvolvimento como diferencial competitivo

Treinamento e Desenvolvimento nas organizações

As empresas não são constituídas por máquinas, o que constitui uma empresa é seu capital humano, ou seja, os funcionários. Sendo assim, é preciso investir cada vez mais em seu principal ativo gerador de receita. Treinar é aprimorar o conhecimento para melhorar o desempenho do funcionário em curto prazo, de forma a aumentar a produtividade. O treinamento agrega valor à empresa e ao funcionário, e é eficaz não só na vida profissional como na vida pessoal. O desenvolvimento organizacional é uma forma de operacionalizar seu processo produtivo caracterizando sua empresa de forma clara e objetiva.

O treinamento é uma qualidade em que o funcionário irá adquirir durante o decorrer de algum tempo ou curso estabelecido, que visa à adaptação para as atividades estabelecidas em determinação da organização. O treinamento é um esforço focado no sentido de equipe, com a finalidade de fazer a organização atingir seus objetivos.

De acordo com Chiavenato (2009) o desenvolvimento é um esforço planejado e consciente de mudança organizacional. Todavia, para que a mudança organizacional possa ocorrer, ela requer necessariamente uma mudança individual em termos de postura, atitude, comportamento, pensamento, conceitos, ideias, etc.

Hoje treinar tem sido uma das alternativas mais utilizadas pelas organizações quando o assunto é reter talentos. O desenvolvimento de pessoas é importante para as organizações, pois é uma tarefa conjunta que se realiza com o treinamento, pois determina o crescimento profissional de cada funcionário e consecutivamente aumentará a produtividade com qualidade e melhores desempenhos.

Treinamento e desenvolvimento de pessoas é uma estratégia de crescimento corporativo, onde quanto mais se investe, mais resultado se obtém. Então podemos considerá-lo um investimento e não uma despesa.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento