Transformação Digital. Como sua empresa irá sobreviver a essa onda?

Foi dada a largada para corrida da Transformação Digital!!! E agora ?!?!?

Para serem mais ágeis, impulsionar a produtividade e atender às expectativas dos clientes, as empresas estão mergulhando na busca de tecnologias que permitam escalabilidade e uma transformação radical de seu negócio.

“Pelo menos 40% de todas as empresas morrerão nos próximos 10 anos ... se não descobrirem como mudar toda a empresa para acomodar novas tecnologias.” Afirmava John Chambers, CEO da Cisco System, uma das líderes em tecnologia para telecomunicações em 2015.

A transformação digital não está impactando apenas a lucratividade, mas está transformando inteiramente a forma como negócios estão sendo feitos!

E só olhar ao seu redor e vai achar diversos exemplos, como a Netflix, que saiu da locação de vídeo por correspondência para distribuição via streaming e agora produtora de filmes e séries.

Até na indústria de fast food a onda já chegou. Em busca de oferecer um cardápio mais personalizado aos seus clientes e digitalizar seus processos, o McDonald’s adquiriu a Dynamic Yield, uma start up de tecnologia focada em criar experiências on-line.

Mas nem tudo são flores neste novo jogo !!!

Apesar das notícias parecem emocionantes e a transformação se mostrar a melhor estratégia, ela pode ser, sem dúvida, demorada, complexa e muitas empresas nem conseguem tirá la do papel.

Recentemente a Revista Forbes citou em um artigo uma pesquisa realizada com 450 executivos pela Celonis, que revelou que 70% das organizações pesquisadas afirmavam ter intenção de investir em transformação digital.

Entretanto, quase 80% admitiram não terem revisado seus processos atuais antes de definir objetivos para transformação.

Isto faz com que muitas iniciativas de transformação não causem o impacto esperado, porque muitas empresas não sabem exatamente o que está funcionando e o que não está.

Fato que fica comprovado quando observamos que a pesquisa também revelou que:

45% dos executivos disseram que realmente não tem ideia de por onde começar e

44% admitiram que seus esforços para transformação acabavam em uma completa perda de tempo.

Entenda o tamanho da Onda

O impacto do resultado positivo transformação digital será proporcional ao tamanho da onda que você deseja surfar. Classificamos em três categorias:

Automatização – Transformar o processo operacional através de pequenas alterações na politica ou procedimento, resultando em interrupção e resistência mínima.

Digitalização – Transformar o modelo operacional, o que significa, pegar o que você está fazendo atualmente e fazer melhor, mais rápido e mais barato do que vinha fazendo. Nesta onda a resistência a mudanças já é mais significativa, pois existem diversas variáveis a serem gerenciadas.O resultado surge, mas não é inovador e tão pouco durável

Disruptiva – Transformar o negócio, ou seja, o modelo antigo já não é mais adequado, e você desafia todas as pessoas a quebram a resistência a mudanças para “abrirem mão do que vinham fazendo até agora” e a reconstruírem uma nova organização. Esta é a onda perfeita, onde você usa tecnologia, pessoas e transformação de mindset dos executivos para criar inovações disruptivas e te colocar como uma referência a ser seguida.

Apenas 30% das empresas conseguem chegar a este marco de performance e resultado.

Como sobreviver

Então, o que você como líder de sua organização deve fazer para sobreviver? Uma vez que sua organização mapeou seus gaps e entendeu qual tamanho de onda quer surfar, aqui estão algumas dicas e práticas de nossa metodologia para ajudar sua empresa a sobreviver:

1# Liderança Protagonista – Em minha rotina como consultor, quando algum CEO ou executivo me diz que sua empresa está passando por uma transformação, umas das primeiras perguntas que faço é: “O quanto os líderes e executivos seniores estão comprometidos em ser protagonistas?”.

Transformação Digital, ou qualquer outra transformação organizacional, é um projeto com uma complexidade que normalmente tem um ciclo de implementação com duração de 3 a 5 anos. Na prática, isto significa que se os líderes seniores precisam assumir o papel de protagonismo, para manter no topo da lista de prioridades o comprometimento com o resultado integral.

Sem o protagonismo... o processo de transformação fica condenado a ter resultados pequenos ou nulos e a ser mais um ralo de dinheiro.

2# Empoderamento dos líderes – Os líderes precisam estar prontos para liderar através de seus exemplos cotidianos e não apenas pela priorização da transformação.

Os líderes devem aprender a reconhecer que ter uma boa estratégia de execução é apenas uma pequena parte de sua responsabilidade. Na verdade, são as atitudes comportamentais deles, ao longo da implementação, o fator mais importante para que a transformação aconteça com rapidez e resultado.

3# Agentes de Mudança Capacitados – Os agentes são as pessoas chave responsáveis por dar o suporte necessário para que a transformação aconteça em cada área. Para isto eles precisam ser bem selecionados e bem treinados.

Se você tem poucos agentes preparados, ou sem credibilidade e influência nas áreas chaves de sua organização, suas chances de resultado serão mínimas.

4# Valorização e Reconhecimento do Novo Mindset – Transformação disruptiva só acontece quando valorizo e reconheço formalmente e informalmente o novo padrão de mindset.

Deve haver uma mudança perceptível para todas as pessoas da organização de como este novo mindset é fundamental para o sucesso do processo.

Transformação Digital é extremamente empolgante. E fantástico imaginar drones fazendo entrega ou inteligência artificial reduzindo as horas de trabalho de qualquer trabalhador. Mas, para se ter sucesso nesta jornada os líderes devem preparar suas organizações para uma transformação mais profunda de mindset.

Então agora é como você, qual onda você quer surfar na Transformação Digital? Qual é o seu plano para sobreviver ao longo desta jornada?

#bmp #businesstransformation #digitaltransformation #leadership #salestransformation

Exibir