Tire férias, pois você merece e precisa

Todos nós temos compromissos, prazos, contas para pagar e metas a cumprir, mas e quando tudo isso começa a nos afastar do que é mais importante não é hora de pisar no freio?

Já parou para pensar que o mundo pode funcionar um tempo sem você? O descanso não é um luxo, é uma necessidade. O corpo humano é um equipamento altamente sofisticado, tanto que até hoje não conseguimos criar um organismo artificial que reproduza todas as funções humanas com perfeição a ponto de nos substituir, isso ainda está relegado ao campo da ficção científica, porém assim como toda máquina, o corpo humano também precisa de pausa para recuperar as energias.

Você pode alegar que tem o final de semana para descansar, se a sua jornada de trabalho lhe concede o sábado e o domingo, pode se considerar felizardo. Acredite, já tive jornada de seis dias por semana com só um de descanso e não entrei em parafuso por pouco. E mesmo esses dois sagrados dias podem não ser suficientes para o seu descanso, tamanha a carga física ou mental que o seu trabalho exige e muitas vezes pela ansiedade que o aguarda no retorno ao trabalho quando estiver envolvido em um projeto importante com prazo a cumprir.

Mas eu falei que isso começa a nos afastar do que é importante, não é? E o que é mais importante para nós do que nossa satisfação diante da meta cumprida do que dar atenção a nossa família? O escritor e filósofo Voltaire disse a seguinte frase: ‘O trabalho nos poupa de três males: tédio, vício e necessidade’, ele está coberto de razão, mas quando colocamos o trabalho acima de tudo a frase pode mudar para: ‘O trabalho sem descanso nos causa três males: stress, dependência e paranóia’.

Uma coisa muito comum em nosso meio profissional é vender férias, ou a empresa propor comprar por falta de funcionários na sua área de trabalho, e financeiramente não deixa de ser um mau negócio porque toda grana a mais é uma ajuda, só que não pode se tornar algo freqüente, vender ano após ano de férias só vai favorecer ao empregador no final das contas e a sua presença no meio familiar vai diminuindo aos poucos. Você pode argumentar que todo o dia está em casa em contato com sua esposa, marido, filhos e está sim, só que mais fisicamente do que emocionalmente, a grande maioria só quer tomar um banho, comer uma refeição, quando consegue, tomar um remédio para dor de cabeça e cair na cama para, horas depois, levantar para prosseguir na sua batalha diária.

As facilidades tecnológicas as quais temos acesso nos dias de hoje já ajudam bastante a afastar o contato entre as pessoas: smartphones, iphones, TV a cabo, internet, WhatsApp e no meio da família chega a ser pior com a mãe falando com as amigas no celular, o pai no smartphone e o filhos na internet e TV a cabo, até mesmo a sagrada hora do jantar em família está em rápida extinção. Essas ferramentas são maravilhosas, mas poderiam inventar o FamilyPhone para aproximar você e sua família. E as férias podem ser essa ferramenta, faça uso desse direito para dar um break na correria, ficar próximo da sua família para passear, viajar, ir ao cinema e curtir a vida, afinal ninguém sabe quanto tempo vai ficar por aqui, podem ser anos, décadas ou não.

Mesmo que tenha ficado desempregado, aproveite essa pausa se você tiver um suporte financeiro para pegar um mês ou dois e caia dentro de desenvolver um hobby, sair com seus filhos, dar uma atenção maior a parceira ou ao parceiro, isso se chama melhorar sua qualidade de vida, regar seu cérebro com bons sentimentos, se ausentar um pouco do stress devia ser lei, obrigatório e pronto. Quando retornar a luta vai se sentir mais animado e disposto a encarar a rotina diária de prazos e metas, quem sabe nesse meio tempo não aparece a inspiração que pode mudar sua vida? Aquele ‘Insight’ que levará sua vida para outro patamar e trará definitivamente tudo o que sonhou para você.

Acabou de voltar de férias, está lendo isso e acredita que não aproveitou como queria, não se preocupe, pois outras virão e não é crime nenhum começar a planejar desde já e se vai entrar de férias agora pensando como vai ser sua vida quando voltar ao trabalho, descarte essa idéia agora, calce os chinelos e vai ser feliz, sua mente, seu coração e sua família agradecem.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento