Teoria de Taylor ainda usada no século XXI

Métodos da revolução industrial que atualmente são aplicados pelas empresas em suas estruturas organizacionais. Onde: Mão de obra barata + larga escala de produção - valorização

Antes da teoria Clássica desenvolvida engenheiro Frederick W. Taylor, toda linha de produção era feito sem organização ou lógica alguma tudo era feito pelos funcionários que por sua vez não tinham nenhum conhecimento técnico do que faziam, os funcionários da empresa eram ex-trabalhadores rurais que tiveram de migrar para as fabricas em busca do sustento, estes trabalhadores eram colocados nas fabricas e tinham de trabalhar horas e horas sem se quer saber manusear as maquinas, por exemplo, tinham apenas que se virar já que na época isso era a única fonte de sustento para eles, e assim era feito sem qualquer preocupação com sua segurança ou bem estar, como é pregado hoje em dia, para eles o foco de tudo era produzir mais e mais independente das condições destes trabalhadores,, isto fica claro no capítulo Na série Gigantes da Indústria do canal History Channel, no capítulo 4.

Ai entra o engenheiro Frederick W. Taylor considerado o pai dos princípios da administração cientifica, que notou que se organizasse sua produção poderia produzir ainda mais. E assim se fez observou quais funcionários faziam melhor determinado serviço e os treinarão para que o fizessem em menos tempo possível, também com o intuito de aumentar a produção fez com que a remuneração dependesse da quantidade que produzissem, assim eles teriam digamos que um incentivo para produzirem ainda mais.

Depois de Taylor outros como Henry Ford, Salvador Arena, foram agregando mais coisas a esse conceito, até chegar aos dias de hoje onde temos, por exemplo, a teoria contingencial que claro baseada também em teorias já existentes , mas está além de tratar da organização e funcionamento consegue coordenar de forma geral princípios básicos da administração como: estrutura tarefas, tecnologia o ambiente e também pessoas, que oferece para as pessoas uma empresa com mais recursos e oportunidades para crescimento.

O que é preocupante é que depois de tantos avanços e descobertas ainda tenha empresas que ajam de como se ainda tivesse na era da revolução industrial como, por exemplo, os fast-foods, neles ainda não há a valorização devida aos funcionários e os mesmos continuam a ser tratados como uma peça da engrenagem onde a função deles é servir ao proposito como robores até diria, pessoas que trabalham e como se pode perceber na maioria dos atendimentos, da pra ter a certeza do quanto não se sentem bem lá.

Assim também acontece em empresas de telemarketing embora de forma mais sucinta eles são também para essas ferramentas para que a empresa obtenha seus resultados, com imposição de metas e cobranças que por muitas vezes são até abusivas, com um tratamento não adequado, conforme tudo que se pode aprender até os dias de hoje.

Taylor sem duvidas deu uma alavancada em tudo que temos por hoje em teorias administrativas, mas podemos e devemos utilizar dos conhecimentos já agregados à teoria clássica para que haja um melhor tratamento humano que não só vise o lado financeiro de um negócio.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento