Tenha foco em seus talentos -- mas isso não é tudo!

Investir em aspectos que não são nossos pontos fortes pode resultar em um esforço demasiado

É pensamento corrente entre muitos especialistas em carreira a importância de se ter foco nos pontos fortes para o sucesso profissional. A ideia é que, ao procurarmos desenvolver ainda mais o que se pode chamar de “nossos talentos naturais”, multiplicam-se nossas chances de êxito. Afinal de contas, investir em aspectos que não são nossos pontos fortes pode resultar em um esforço demasiado, seguido de um resultado medíocre.

Isso faz todo sentido, mas não é o suficiente.

Às vezes, todo esforço empenhado no desenvolvimento de nossos talentos naturais pode resultar em nada se não observarmos alguns aspectos que bloqueiam nosso sucesso.

É possível, por exemplo, que um comportamento explosivo possa ser o impedimento para o avanço na carreira. Quem sabe a timidez ou dificuldade de comunicação sejam obstáculos? Ou outros elementos que se instalam sem nosso consentimento como parte de nossas vidas sejam barreiras: a culpa, o medo, viver no passado, etc. Por que então não fazer algo a respeito?

Existem muitos caminhos para quem deseja melhorar seus pontos fracos, e a escolha é realmente particular a cada um. Entretanto, posso citar como uma boa referência inicial o livro do Dr. Wayne W. Dyer: “Seus Pontos Fracos: Livre-se das Emoções Inúteis e Assuma o Comando da Sua Vida”.

Sobre os pontos fortes, retomo aqui um assunto que já abordei sob outra ótica em um artigo a respeito de carreira. Um estudo conduzido pelo Instituto Gallup junto a mais de 2 milhões de pessoas em cerca de 100 empresas e em 63 países, resultou no livro “Descubra Seus Pontos Fortes”, de autoria de Marcus Buckingham e Donald O. Clifton. Personalidades de destaque excepcional em sua área de atuação tais como o golfista Tiger Woods, o músico Cole Porter e o genial Bill Gates, dentre diversas outras, são estudadas nesse trabalho e constituem exemplos de pessoas que alcançaram um desempenho superior graças ao foco em seus pontos fortes.

Os autores identificaram e classificaram 34 talentos naturais que um ser humano pode ter. Afirmam ainda que todas as pessoas possuem ao menos 5 desses talentos desenvolvidos acima da média da população, e que constituem, portanto, seus pontos fortes naturais. O livro contém uma senha através da qual se pode ter acesso a uma página na internet em que há um questionário estruturado (em inglês), para que você identifique seus cinco talentos dominantes. Basta preenche-lo e você receberá um relatório com a descrição de cada um.


Estou certo de que seus pontos fortes, aprimorados à excelência, e os pontos fracos, cuidados com a atenção devida, tornarão ainda mais bem sucedida sua carreira.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.