Sua empresa tem dificuldades com VENDAS?

AS EMPRESAS ESTÃO MAL OU FECHANDO, PORÉM, AS “MARGENS” DOS PRODUTOS ESTÃO PRESERVADAS!!!

Há mais de 70 anos MODELOS DE CUSTOS baseados em atividades ou agregação de valores vem sendo utilizadas nos negócios e trouxe com isto a sensação de segurança em manter a Remuneração do Negócio e ou do Capital Investido, com o passar dos anos estes modelos entraram em saturação e as próprias escolas não trouxeram outras formas as quais contemplariam o avanço da tecnologia, a redução de utilização de mão de obra e consequentemente as formas de rateios utilizadas nas apropriações passaram a atrapalhar o negócio.

Atualmente vemos negócios em má situação, fechando ou em Recuperação Judicial e o diagnóstico interno é que as vendas vão mal e este seria o principal obstáculo a transpor; possivelmente o MODELO DE CUSTOS e FORMAÇÃO DE PREÇOS podem ser o “PRINCIPAL OBSTÁCULO”.

Existe modelo “disruptivo” o qual vem trazendo imensos benefícios nos negócios que decidiram inovar e a consequência tem sido um aumento expressivo no Lucro Líquido, ROI e a eliminação da concorrência as quais ainda permanecem nos modelos tradicionais.

Quando falamos em formas “disruptivas” trazemos junto o verbo “desaprender” que tem sido o maior obstáculo, pois envolve novas culturas, outros paradigmas, outras referências, outros autores, enfim, a sensação de dar um passo no escuro.

Este modelo é baseado em conceitos da Física aplicada à Gestão dos Negócios, seja Produto ou Serviço; não tem limitação quanto ao tamanho do negócio, apenas é necessária uma avaliação prévia para detectar o potencial de resultado a alcançar.

São mais de 100 titulos e farto material de apoio, porém a matéria não entra nos Curriculuns escolares por se opor a um modelo já estabelecido; muitas empresas no mundo já utilizam com resultados exponenciais assim como algumas empresas no Brasil.

Gilmar de Almeida é Sócio e Conselheiro pela GA Consult; Diretor nos Comitês de Logística e Controladoria na ANEFAC; Membro da M2BS e Executive Mentor.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento