Sorria, você está sendo filmado

Muito se é questionado se as câmeras e os aparelhos são uma segurança para nós ou uma vigilância eletrônica em massa. Devemos ou não confiar nas nuvens e na internet nossos dados pessoais?

Olhe para frente, isso, agora sorria você está sendo filmado. As câmeras e os aparelhos eletrônicos estão presentes em nossas vidas 24 horas por dia, nós acompanhando ou até mesmo nos vigiando, estão espalhadas por todos os lugares. Na Inglaterra país de “George Orwell” (ator de romance mais conhecido pelo exemplar 1984) há uma estimativa de quatro milhões de câmeras espalhadas pela cidade, assim como no livro “1984” as pessoas são vigiadas até mesmo dentro de suas casas e tem suas informações violadas. É uma cidade onde as leis estão cada vez menos rigorosas quando o assunto é privacidade.

Muito se é questionado se, as câmeras e os aparelhos são uma segurança para nós ou uma vigilância eletrônica em massa? Devemos ou não confiar nas nuvens e na internet nossos dados pessoais?

O problema de estar sempre conectado é: a partir do momento que você está online, está aberto não só a coisas boas e informações, mais também ao lado negro da internet, mais conhecido como “deep web”. Se você não for um programador dos bons não conseguirá entrar fácil nesse submundo das redes, se conseguir, dificilmente sairá ileso de Vírus, até porque esses sites são programados para o Windows, um dos sistemas mais usados por nós brasileiros. Um dos sites mais conhecidos na deep é o “Tor”, ele é um dos navegadores que transforma seu IP em outro aleatório para assim dificultar a busca da policia e de pessoas leigas nessa navegação ilegal. Quando o assunto é a internet oculta devemos tomar cuidado, pois lá achamos como comprar cartões de crédito roubados, e até mesmo contratar matadores de aluguel. Um simples clique pode fazer todas as suas informações pessoais como senhas serem acessadas e controladas de outro computador.

Tudo é feito em baixo dos panos, camadas sobre camadas como uma cebola, é por isso que ela é o símbolo mais forte do mercado negro e podem ser vistas nas URLS que acessamos. Na deep ocorre tudo de mais obscuro que você pode imaginar, porém temos exceções onde podemos baixar qualquer tipo de livro, música, filme, e conteúdos construtivos que não encontramos na navegação superficial, a qual nós usamos.

Recentemente surgiram boatos que nossas identificações como RG, CPF, entre outros seriam substituídos por apenas um chip que é subcutâneo, no qual seriam registradas todas as nossas informações e poderia ser usado até como cartão de crédito para sua própria segurança. O chip seria controlado por uma central que os monitoraria. Quando a noticia veio á tona o primeiro fato a ser levantado foi o religioso, uma curiosa passagem na bíblia que diz “E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas,

Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.” Apocalipse 16-17. Deixando as teorias da conspiração de lado, o governo não quer tornar isso uma coisa obrigatória para controlar os humanos, o chip pode ser colocado por livre e espontânea vontade, isso não quer dizer que estamos seguros, e também não quer dizer que esse chip de fato seja a marca da besta na qual muitos temem. Porem o que deve ser colocado em consideração é, não estamos seguros e nem temos mais privacidade quando estamos em frente às telas do computadores, ou mesmo andando na rua. A luta constante para não correr riscos é tentar se expor menos. E será que um chip eletrônico em nossa mão direita irá nos assegurar e garantir nossa segurança? O avanço da tecnologia não é um aspecto ruim o que nos preocupa são as mentes mal intencionadas que as dominam.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento