Somente a inovação pode salvar o seu negócio

Está na hora de fazer diferente

Todos os dias testemunhamos a abertura e fechamento precoce de diversas empresas. Negócios que a principio prometem ser um grande sucesso no mercado mas que com o passar do tempo caem na monotonia empresarial e no esquecimento dos clientes.

Segundo pesquisa do Sebrae de 2014, a cada 10 empresas abertas 3 não sobrevivem ao primeiro ano e o IBGE divulgou em 2015 que menos da metade conseguem ultrapassar o quarto ano.

Muitos podem ser o motivos para essa grande mortalidade como, fatores econômicos ou a falta de planejamento. Mas o que identificamos muitas vezes é que o empreendedor tem uma grande ideia através de sua habilidade de percepção de mercado mas acredita ter ganho o mercado e se acomoda.

Como é de se esperar a concorrência logo entende o negócio como uma boa ideia e passa a copiar. O problemas é que o empreendedor não continua a buscar novas formas de atrair e conquistar o cliente, ou seja, não se preocupa mais em investir em sua capacidade de inovação.

Inovar é perceber as necessidades do mercado consumidor e propor novas e melhores formas de solucionar seus problemas. Fazer diferente.

Como apresentado no livro “Estratégia do Oceano Azul”, é preciso sair do lugar comum, deixar o oceano vermelho sangrento do embate entre os concorrentes e buscar oceanos azuis onde a concorrência se torna insignificante visto que suas ideias são inovadores, capazes de criar um novo mercado.

Neste contexto, o princípio é inovar, mas, sem esquecer que logo será copiado, então esteja sempre à frente do mercado, criando novas soluções antes que a concorrência copie a antiga.

Observando esta necessidade de estar sempre criando novas estratégias para conquistar o mercado, poderíamos afirmar que o crescimento e perpetuação das empresas está condicionado a sua capacidade de inovação, não somente na criação de novos produtos ou serviços mas também quanto a forma de gestão de recursos e de pessoas.

Desta forma, para que seu negócio seja sempre um sucesso, inove, inove, inove. Aguce sua capacidade de percepção observando seus clientes, colaboradores e processos, e utilize sua criatividade para gerar resultados. Talvez somente este seja realmente o caminho para salvar o seu negócio.

ExibirMinimizar
Digital