Soluções para queixas comuns nas empresas

Eu produzi um texto para a revista VOCÊ S.A., na forma de soluções para queixas que são comuns nas empresas, segundo pesquisa do jornalista Maurício Oliveira, que foi quem me fez o pedido. Nas respostas empreguei abordagem semelhante a que utilizo com meus clientes de Coaching Executivo e Pessoal, que têm demanda crescente no Brasil, e no conteúdo do meu livro ASSIM É QUE SE FAZ: Desenvolvimento Pessoal e Profissional.<br /> <br /> COLABORAÇÃO PARA A REVISTA VOCÊ S.A.<br /> <br /> QUEIXA: “Dediquei anos à empresa sem ser reconhecido. De repente chegou um sujeito no meu setor que nem é essas coisas mas todo mundo trata como gênio.”<br /> <br /> SOLUÇÃO: A postura de vítima pode ser compreensível, mas o quanto ela o aproxima dos resultados que quer? Não será mais útil para você aprender com a situação? O que seus colegas estão percebendo de bom neste novo colega? Que competências você vai desenvolver para chegar aonde quer?<br /> <br /> QUEIXA: “Faz três anos que não recebo aumento de salário, enquanto o volume de trabalho não pára de crescer.”<br /> <br /> SOLUÇÃO: Enquanto houver trabalho haverá emprego! Como anda a sua empregabilidade? Quantos cursos úteis você fez nos últimos três anos? E o quanto deles você colocou em prática? Qual valor você agregou a sua empresa? Você teria facilidade para encontrar outro emprego melhor remunerado? Prepare-se adequadamente, fale com o chefe e peça aumento! <br /> <br /> QUEIXA: “Meu chefe vive controlando meus horários. Se chego cinco minutos atrasada, ele faz questão de mostrar que está olhando para o relógio.”<br /> <br /> SOLUÇÃO: A que horas você precisa sair de casa, ou de onde quer que esteja, para chegar ao seu local de trabalho uns quinze minutos antes do início do expediente? De que maneira você pode empregar esse tempo para ter um dia mais agradável e produtivo?<br /> <br /> QUEIXA: “Meu chefe fica com todos os méritos para ele quando a equipe faz um bom trabalho e detona todo mundo para a diretoria quando acontece algum problema.”<br /> <br /> SOLUÇÃO: Se a cultura da sua empresa incentiva esse tipo de comportamento, sugiro que prepare o currículo e vá a luta, porque ela está na contramão da história. Aprenda com o seu chefe atual, como não fazer as coisas, invista no seu aprimoramento continuado e torne-se um líder. Liderança efetiva é um diferencial competitivo importante.<br /> <br /> QUEIXA: “O pessoal que trabalha comigo deveria fornecer soro para o Instituto Butantã. Êta gente falsa, fofoqueira e invejosa!”<br /> <br /> SOLUÇÃO: O ambiente corporativo é resultado das pessoas que convivem nele! E, infelizmente, os adjetivos que você citou são lugar comum e, talvez continue assim. A menos que alguém decida agir de maneira diferente, liderando o processo de mudança. Você percebe a grande oportunidade que tem diante de si? <br /> <br /> QUEIXA: “Só quem é puxa-saco do chefe consegue subir na empresa. Se você não entra nesse jogo, alguém toma o seu lugar.”<br /> <br /> SOLUÇÃO: O que é ser puxa-saco do chefe? Tendo como foco a obtenção de resultados positivos para a empresa, como você pode relacionar-se melhor com ele? Que competência você irá desenvolver para viabilizar isso? Quais os benefícios que você terá ao fazê-lo?<br /> <br /> QUEIXA: “Estudei seis anos da minha vida para passar o dia todo na frente do Word e do Excel... Haja paciência! É horrível perceber que seu trabalho é totalmente inútil e dispensável.”<br /> <br /> SOLUÇÃO: Se eu entendi bem, você está afirmando que é incapaz de realizar um trabalho útil e necessário para a empresa. É isso? Se é, do que você se queixa? Se não é, ótimo! Você tem um desafio maravilhoso pela frente. Encontrar seu espaço nesta empresa ou em outra. Vá em frente!<br /> <br /> QUEIXA: “Trabalho doze horas por dia porque todo mundo no escritório faz isso. Mas como não recebo hora extra, mato um bom tempo navegando pela internet e jogando conversa fora pelo Messenger.”<br /> <br /> SOLUÇÃO: No meu livro há um capítulo intitulado Motivação é uma Atitude, e nele conto o que penso a respeito. Sendo objetivo, pergunto: onde você vai chegar agindo deste modo? Trabalhar tantas horas rotineiramente pode ser ruím, mas fazer de conta é pior. Será que a questão é uns trocados a mais apenas? Tempo é vida e você merece mais do que isso! <br />

Eu produzi um texto para a revista VOCÊ S.A., na forma de soluções para queixas que são comuns nas empresas, segundo pesquisa do jornalista Maurício Oliveira, que foi quem me fez o pedido. Nas respostas empreguei abordagem semelhante a que utilizo com meus clientes de Coaching Executivo e Pessoal, que têm demanda crescente no Brasil, e no conteúdo do meu livro ASSIM É QUE SE FAZ: Desenvolvimento Pessoal e Profissional.

COLABORAÇÃO PARA A REVISTA VOCÊ S.A.

QUEIXA: Dediquei anos à empresa sem ser reconhecido. De repente chegou um sujeito no meu setor que nem é essas coisas mas todo mundo trata como gênio.


SOLUÇÃO: A postura de vítima pode ser compreensível, mas o quanto ela o aproxima dos resultados que quer? Não será mais útil para você aprender com a situação? O que seus colegas estão percebendo de bom neste novo colega? Que competências você vai desenvolver para chegar aonde quer?

QUEIXA: Faz três anos que não recebo aumento de salário, enquanto o volume de trabalho não pára de crescer.

SOLUÇÃO: Enquanto houver trabalho haverá emprego! Como anda a sua empregabilidade? Quantos cursos úteis você fez nos últimos três anos? E o quanto deles você colocou em prática? Qual valor você agregou a sua empresa? Você teria facilidade para encontrar outro emprego melhor remunerado? Prepare-se adequadamente, fale com o chefe e peça aumento!

QUEIXA: Meu chefe vive controlando meus horários. Se chego cinco minutos atrasada, ele faz questão de mostrar que está olhando para o relógio.

SOLUÇÃO: A que horas você precisa sair de casa, ou de onde quer que esteja, para chegar ao seu local de trabalho uns quinze minutos antes do início do expediente? De que maneira você pode empregar esse tempo para ter um dia mais agradável e produtivo?

QUEIXA: Meu chefe fica com todos os méritos para ele quando a equipe faz um bom trabalho e detona todo mundo para a diretoria quando acontece algum problema.

SOLUÇÃO: Se a cultura da sua empresa incentiva esse tipo de comportamento, sugiro que prepare o currículo e vá a luta, porque ela está na contramão da história. Aprenda com o seu chefe atual, como não fazer as coisas, invista no seu aprimoramento continuado e torne-se um líder. Liderança efetiva é um diferencial competitivo importante.

QUEIXA: O pessoal que trabalha comigo deveria fornecer soro para o Instituto Butantã. Êta gente falsa, fofoqueira e invejosa!

SOLUÇÃO: O ambiente corporativo é resultado das pessoas que convivem nele! E, infelizmente, os adjetivos que você citou são lugar comum e, talvez continue assim. A menos que alguém decida agir de maneira diferente, liderando o processo de mudança. Você percebe a grande oportunidade que tem diante de si?

QUEIXA: Só quem é puxa-saco do chefe consegue subir na empresa. Se você não entra nesse jogo, alguém toma o seu lugar.

SOLUÇÃO: O que é ser puxa-saco do chefe? Tendo como foco a obtenção de resultados positivos para a empresa, como você pode relacionar-se melhor com ele? Que competência você irá desenvolver para viabilizar isso? Quais os benefícios que você terá ao fazê-lo?

QUEIXA: Estudei seis anos da minha vida para passar o dia todo na frente do Word e do Excel... Haja paciência! É horrível perceber que seu trabalho é totalmente inútil e dispensável.

SOLUÇÃO: Se eu entendi bem, você está afirmando que é incapaz de realizar um trabalho útil e necessário para a empresa. É isso? Se é, do que você se queixa? Se não é, ótimo! Você tem um desafio maravilhoso pela frente. Encontrar seu espaço nesta empresa ou em outra. Vá em frente!

QUEIXA: Trabalho doze horas por dia porque todo mundo no escritório faz isso. Mas como não recebo hora extra, mato um bom tempo navegando pela internet e jogando conversa fora pelo Messenger.

SOLUÇÃO: No meu livro há um capítulo intitulado Motivação é uma Atitude, e nele conto o que penso a respeito. Sendo objetivo, pergunto: onde você vai chegar agindo deste modo? Trabalhar tantas horas rotineiramente pode ser ruím, mas fazer de conta é pior. Será que a questão é uns trocados a mais apenas? Tempo é vida e você merece mais do que isso!


Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    Roberto Ribeiro

    Roberto Ribeiro

    Sou casado com a Jane, que é psicóloga, e pai do Guilherme, que é estudante de publicidade e propaganda. Sou torcedor do Atlético Paranaense e corredor de rua. A São Silvestre foi a maior corrida de que participei até o momento. Aprecio bons livros e filmes de todos os gêneros.

    Sou coach. Conduzo um processo denominado coaching, para apoiar os executivos, profissionais liberais, empreendedores, etc, na conquista das metas mais importantes, para eles, para as suas empresas, para as suas vidas.

    Sou palestrante e instrutor em diferentes temas, principalmente, motivação, vendas e vendedores, atendimento, desenvolvimento pessoal e profissional, liderança, equipes, performance, planejamento, coaching e aumento de resultados.

    No atendimento de coaching o trabalho é realizado presencialmente, em meu escritório ou no ambiente do cliente, através do telefone ou via internet, pelo skype.

    É comum eu acompanhar o trabalho “de campo” de pessoas que participarão de meus treinamentos, consultorias e palestras, para assimilar a realidade atual e desejada, ou propor soluções e ajustes. Essa é a minha abordagem preferencial quando o objetivo é melhorar a motivação ou aumentar a performance e as vendas.

    Sou autor do APRENDA COACHING, workshop para Líderes e Gestores e do livro Assim é que se Faz, Desenvolvimento Pessoal e Profissional, e colaborador no Gigantes da Motivação, autor de DVDs, editor do site, blog e e-Revista Motivação & Resultados, marca pessoal e nome da minha empresa.

    Missão: Inspirar pessoas a impulsionar o mundo para a frente.

    Contato:
    www.motivacaoeresultados.com.br
    www.blog.motivacaoeresultados.com.br
    www.robertovieiraribeiro.com.br
    (41)3026-1414 / 9688-5372
    Skype: roberto.motivacaoeresultados
    roberto@motivacaoeresultados.com.br
    MSN: robertomotivacaoeresultados@hotmail.com
    Twitter: http://www.twitter.com/robertovribeiro
    café com admMinimizar