Só você pode entender a voz do coração

Ao longo da vida somos ensinados a sermos "racionais". Aprendemos que não devemos agir somente impulsionados pelo coração. Esta "regra" até poderia ser interessante, isso se ela não tivesse causado um dos maiores males da humanidade: uma grande dificuldade de se permitir sentir. Quantas vezes nos últimos tempos, você tem dado ouvidos ao seu coração? Quantas vezes tem se permitido sentir?

Muitas são as vezes que se está pronto para estabelecer a conexão com o coração, e a voz da razão pede passagem e nos toma, desviando o vivenciar de algum sentimento.

Não raro, há o aprisionamento na razão, o que impossibilita escutar a voz do coração. Para alguns estes são momentos de surdez momentânea. Para outros um comportamento recorrente, que acaba durando uma vida toda.

É importante lembrar-se de que estou falando de não escutar as mais variadas "notas musicais" emitidas pelo coração: raiva, alegria, tristeza, medo, etc. Quantas vezes você ouviu: "não fica triste, logo passa", "mas que feio estar com toda essa raiva", "contém a tua alegria, ela é passageira". Oh God! Se as pessoas que dizem ou diziam isso soubessem a besteira que estavam fazendo não teriam feito isso jamais. O custo de não se permitir vivenciar as emoções e aceitá-las como legítimas pode ter efeitos devastadores, inclusive no nosso corpo.

Por outro lado ao se conectar e receber as emoções como sendo legítimas, você está dando um passo muito importante para a tomada de consciência sobre o que se passa consigo mesmo e qual é a melhor forma de lidar com tudo isso.

Parafraseando Leonardo Wolk "as emoções são indiscutíveis". Ninguém tem o poder de escutar seu coração como você mesmo. Ninguém é capaz de sentir o que você sente exatamente da mesma forma, apesar de muitas vezes acharmos que sim. Oferecer apoio, colocar-se no lugar do outro, simplesmente escutar, não é escutar o nosso coração. Isso é sim, empatia. Algumas pessoas têm o dom de "tocar" nossos corações. Mas ainda assim não é possível sentir por nós.

Por isso, acredito que o coach, terapeuta, pai, mãe, namorada, amigo, esposa, enfim, todos podem com sua empatia e escuta ativa te apoiar nessa caminhada de escutar o teu coração. Mas somente você mesmo pode fazer isso profundamente. Escutar o coração é estabelecer uma conexão com sua essência, com quem você é, com seus ideais, com o que você acredita. Seu coração pode te trazer respostas que muitas vezes você procura na razão. É uma voz que surpreende, que traz descobertas, que proporciona um reconhecer, um conhecer de novo...

Às vezes escutar o coração pode significar perder a razão? Pode.

Para ser feliz posso precisar não ter razão? Talvez. Tudo isso é, sim, permitido. E que fique claro: não estou aqui pregando a inconsequência, a não ponderação e sugerindo "exorcizar" a razão. Estou propondo que você não mais ignore o que o seu coração tem a dizer. Tenho plena certeza de que ele tem muito a te dizer. Ao invés de terminar dizendo: pense nisso, termino dizendo: Sinta isso!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento