O que é a singularidade

Entendemos que a nossa singularidade é um bem precioso. Mas afinal, o que é esta tal singularidade?

A singularidade é o que nos faz sermos únicos em nossa jornada, nossos talentos e nossa forma de vivê-los. Lembro sempre de uma frase que li em uma garrafa de água: “Vive a tu manera, fluye como el agua!” Penso que esta frase simples fala da singularidade - viva à sua maneira - que inexiste certo e errado, que você pode libertar-se da visão binária e descobrir sua singularidade.

Quando estamos em harmonia com nossas preciosidades e nossas mazelas sem julgar o outro e a nós mesmos, o equilíbrio se faz presente, sem ter que provar nada, apenas existindo.

O oposto da singularidade é o conflito, vivenciado através da dualidade. Neste solo o medo se faz concreto e às vezes paralisa, imobiliza os seus talentos, reduzindo as experiências que poderiam ser plenas com as emoções, suas seguranças e inseguranças.

Dedicar um tempo para libertar-se dos medos é algo sábio, que resgata o que é importante em nossa experiência de existir, ou seja, a singularidade! Desconstruir uma emoção, preservando sua intenção ou intento, é uma forma linda de fortalecê-la. Nada no ser humano é feio. Tudo é belo, basta compreender além do que está sendo dito, feito ou sentido.

Ampliar a sua compreensão de realidade é outro fator decisivo na singularidade. Nada é igual e tudo se assemelha, numa comunhão que permite admirar a diferença sem a pretensão de mudar o outro. Só mudar o que te limita, isso é sempre possível, quando a alma solicita sua conexão para ser singular!

Que este lindo processo de ultrapassar o medo possa te ajudar a descobrir que a sensação de medo tem um propósito e que mudar esse significado pode preservar o propósito e te tornar um ser livre!

Que você possa desfrutar de tudo que está aqui e ampliar sua mente, seu corpo e sua alma para ser singularmente você.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento