Seus empregados estão envolvidos ou comprometidos para com o seu trabalho?

Demonstra de maneira resumida qual o espírito do funcionário que está trabalhando na sua organização, ou no setor em que você trabalha. É aquele envolvido somente com o salário do fim do mês e está ali somente para fazer o seu trabalho, ou é aquele funcionário pró-ativo, que agrega valor, arregaça as mangas, e atinge os objetivos pessoais e coletivos propostos?

Muitas vezes os empresários se vêem pensando no grau de fidelidade que eles buscam em seus funcionários. Muitos também comentam assim:“ Meu funcionário possui um grau de envolvimento e/ou comprometimento muito grande com a sua função!!!”. Porém envolvimento e comprometimento não são sinônimos, pelo contrário, são palavras que para o meio empresarial designam atitudes muito diferentes.

Para ilustrar o que eu digo, recorro a história do Bacon com Ovos. Muito apreciado no café da manhã dos norte-americanos ( não é á toa que o nível de obesidade dos gringos é altíssimo, se comparado ao nosso! ), tais iguarias provém de animais muito conhecidos e apreciados por nós: a galinha e o porco. Porém o esforço de ambos para proporcionar um desjejum aos americanos é desigual. Se por um lado a galinha está fortemente envolvida, ou seja, do seu esforço é que saem os ovos , por outro , o porco compromete a sua vida , para que o bacon seja apreciado. No meio empresarial, também é assim.

Ás vezes encontramos pessoas envolvidas ( a maioria ), que em um primeiro momento se mostram vestindo a camisa da empresa, mas que ao menor sinal de crise, tiram seu time de campo e deixam os empresários a ver navios; e também temos as pessoas comprometidas ( a minoria, mas felizmente vem aumentando ), que são pró-ativas, tem sua responsabilidade perante o cliente, e fazem de tudo para se desenvolver perante os seus pares, mesmo que para isso tenha de enfrentar vários percalços.

O empresário precisa buscar o funcionário comprometido , que faça chuva ou faça sol, esteja ao seu lado. Mas também precisa valorizá-lo e recompensá-lo mediante seus atos em prol da empresa. Não só valorização financeira, como também social, motivacional, etc...

PENSE NISSO!!! TENHA SUCESSO!!!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento