Serão os chefes astronautas?

Muitos dizem que seus líderes não são desse mundo, mas afinal de onde eles vêm?

Não é raro ouvir alguém dizer que o chefe anda com a cabeça na lua, outros até insultam dizendo que o chefe é um marciano, ou engrandecem dizendo que o chefe é o Sol que resplandece a organização. Neste artigo vamos classificar os Chefes com uma visão universal e ainda de forma comparativa ao Cosmos.

De fato os chefes não vêm desse mundo, a palavra “chefe” tem um sentido nebuloso e sombrio, lembra-se o autoritarismo, cobranças, mas não significa que todos os chefes são ruins, na realidade existem “chefes e Chefes”, ou melhor “Chefes e Lideres”.

Parece que a origem do chefe está entrelaçada com a Revolução Industrial, talvez até anteriormente, mas essa relação fica mais intensa com a visão da Administração Científica e Teoria Clássica quando os empregados são vistos como homem/máquina e homo-economicus.

Os Lideres são mais humanos, isso não significa que o líder não faça cobranças e não tenham atitudes coercitivas, cada organização, setor, momento pode exigir atitudes diferentes, pois seria estranho uma empresa em dificuldades financeiras com prazos apertados ter um líder liberal.

A Inteligencia Emocional é fundamental para um Líder, pois é necessário identificar suas próprias emoções e prever as dos colaboradores evitando uma explosão, pois qualquer atitude incoerente pode arruinar com sua carreira e imagem deixando uma marca negativa por anos, isso lembra o episódio ocorrido no ano de 1054 quando estudiosos visualizaram o surgimento de uma nova estrela, em seus relatos disseram assombrados que foi tão brilhante e agressivo que durou uns 20 dias ou pouco mais, sendo visível tanto de dia quanto a noite, do mesmo jeito que surgiu, desapareceu, mil anos após esses relatos, cientistas decidiram mirar seus sofisticados telescópios nas coordenadas dessa estrela agressiva do ano de 1054 e descobriram a Nebulosa de Caranguejo, uma marca de uma explosão que durará por mais alguns milhares de anos.

Em momentos caóticos os lideres e chefes são os primeiros a serem demitidos, isso ocorre porque o desempenho do grupo ou equipe é diretamente proporcional ao desempenho do líder ou chefe, é muito mais visível em times de futebol, por este motivo os líderes que conseguem a sinergia das equipes são como uma estrela circumpolar, nunca desaparecem abaixo do horizonte, permanecendo mesmo em tempos de crise.

Portanto não é qualquer pessoa que tem as qualificações para ser um líder, comprovando “cientificamente” que não são desse mundo, mas sim seres iluminados, esforçados, determinados em prol de um objetivo comum, o sucesso organizacional.

ExibirMinimizar
aci baixe o app