Ser líder: um ofício ou uma virtude

Para entender o que é ser líder, “um ofício ou uma virtude” precisamos explorar os aspectos básicos que define e/ou distingue um líder de um chefe, de imediato podemos até imaginar que para comandar uma equipe é necessário ser chefe, mas há muita diferença entre um e o outro, ser chefe é uma função e ser líder um papel

Atualmente, os assuntos sobre ser líder, têm obtido algumas boas discussões dentro dos ambientes das empresas, líderes são pessoas que conseguem tirar o máximo das outras fazendo com que esse máximo seja de certa forma prazerosa.

Para entender o que é ser líder, “um ofício ou uma virtude” precisamos explorar os aspectos básicos que define e/ou distingue um líder de um chefe, de imediato podemos até imaginar que para comandar uma equipe é necessário ser chefe, mas há muita diferença entre um e o outro, ser chefe é uma função e ser líder um papel.

Nem todos os chefes são líderes, porém a posição do chefe é uma grande oportunidade para se tornar um líder e que a capacidade de liderar com eficácia, distinguem os chefes excelentes dos medianos.

Os líderes estão mais focados no que diz respeito ao futuro, já os chefes procuram estar mais relacionado ao dia-a-dia, ou seja, os líderes estão preparados para lidar com as mudanças, e os chefes mais preocupados com a estabilidade. Líderes pensam no longo prazo, chefes mais no curto prazo, de modo geral os líderes possuem visões e inspiram os demais, já os chefes, precisam ser instruídos.

Portanto, a relação entre os chefes ser ou não ser líderes, fica claro que ambos têm características diferentes, enquanto os chefes usam suas habilidades de influenciar baseada na autoridade formal, os líderes lidam com suas habilidades para influenciar as pessoas para que elas façam algo além do que normalmente é exigido pela autoridade formal, com disposição mostram grande nível de esforço, são ambiciosos, possuem desejo de realização elevado, têm muita energia, mostram iniciativa, são incansáveis e persistentes em suas atividades.

É importante entender que as principais características do ser humano é ter a capacidade de ser livres e inteligentes permitindo que cada pessoa tenha sua própria identidade. Visto que, cada pessoa tenha seus valores e que os valores pessoais são praticamente impossíveis de serem mudados, fica claro que os conflitos interpessoais são inerentes ao relacionamento humano, tornando assim, quase impossível resolve-lo.

Enfim, se o relacionamento humano gera conflito, se o conflito esta ligado aos valores, se os valores não mudam, sendo assim os conflitos não se resolvem e estamos num beco sem saída. Calma não esta tudo perdido, não devemos se preocupar em eliminar os conflitos, ele existe e vai continuar existindo. É preciso estar atento, e se preocupar apenas em administrar. Ao participar de um grupo, e principalmente liderá-lo, nós precisamos fazer renúncias de alguns referenciais de nossos princípios, crenças e valores individuais para se integrar aos do grupo.

Assim como ser chefe é diferente de ser líder, é importante que entendamos que o reconhecimento é diferente de recompensa, que o envolvimento é diferente do comprometimento, que a razão é diferente da emoção, que a eficiência é diferente da eficácia, que uma equipe é diferente de um time e que um ofício “ser chefe” é diferente de uma virtude “ser líder”.

Os líderes devem ser estrategistas que agarram oportunidades que outros deixam de perceber, mas também ser detalhistas apaixonados, atenciosos às pequenas realidades fundamentais que podem realizar ou destruir o maior dos planos. Porém a liderança envolve habilidades e aptidões que são úteis para o indivíduo ocupar um cargo executivo ou atuar na linha de frente.

Uma boa liderança pode trazer benefícios para a empresa, pois uma equipe bem conduzida e mais motivada se torna mais eficiente. Um líder conduz as pessoas, inspira e motiva sua equipe, mostra a direção que deve seguir e vai sempre junto. Conquista o respeito dos seus liderados, busca junto com a equipe a melhor maneira de alcançar os resultados, houve as pessoas e tira dúvidas, valoriza as habilidades dos indivíduos e respeita as dificuldades sempre ajudando a superá-las, se responsabiliza junto com sua equipe quando algo não da certo e divide a gloria quando o objetivo é alcançado.

“Um bom chefe desenvolve uma boa equipe, um bom líder transforma uma boa equipe em um grande time”.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento