Sell in vs. Sell out: quais são as diferenças?
Sell in vs. Sell out: quais são as diferenças?

Sell in vs. Sell out: quais são as diferenças?

Por mais que você tenha um produto ou serviço e seu o foco seja vendê-los aos varejistas, quem de fato irá comprá-los e consumi-los é o cliente final. Portanto, saber trabalhar bem o sell in e sell out é essencial para que as vendas prosperem.

Por mais que você tenha um produto ou serviço e seu o foco seja vendê-los aos varejistas, quem de fato irá comprá-los e consumi-los é o cliente final. Portanto, saber trabalhar bem o sell in e sell out é essencial para que as vendas prosperem.

É claro que isso pode ser um pouco difícil de explicar ao vendedor, sempre concentrado em fechar negócio com um novo cliente e bater a sua meta. Contudo, ele precisa ter em mente as necessidades de ambos.

Por mais que seja fundamental explicar quais são as vantagens e benefícios que um produto ou serviço pode oferecer, não se pode perder de vista a maneira como o cliente final irá utilizá-los, pois essa é a linha de chegada de todo e qualquer processo de venda. Para que os dois conceitos fiquem claros, confira abaixo a explicação de cada um.

Sell in: a venda feita ao cliente varejista

O sell in é a venda é feita àquele que disponibilizará os produtos ou serviços aos consumidores finais. Para que ela ocorra, é preciso que o comprador entenda muito bem todas as suas características: embalagem, preço, manuseio e as vantagensque o produto dele.

Sell out: a venda feita ao cliente final

Para que a venda aconteça, não basta somente disponibilizá-la, mas, sobretudo, ofertá-la adequadamente. Para isso, dessa vez, o cliente final é quem deve ver as vantagens do produto ou serviço quando for consumi-lo.

Para pôr em prática as ações e expor melhor seus produtos no PDV, é necessário pensar no que o cliente gostaria de receber em primeiro lugar. Talvez uma promoção de “leve 3, pague 2” ou quem sabe uma experiência única que lhe traga bons momentos e memórias associadas à marca.

Em suma, o bom vendedor tem um desafio duplo: convencer o seu cliente a comprar e também mostrar como ele poderá fazer a mesma coisa com seu próprio cliente. Logo, é preciso que o objetivo esteja bem alinhado entre ambos para que a medição das ações de sell out apresentem resultados significativos.

A importância do relacionamento com o cliente para fazer sell in e sell out

Como pudemos conferir nos pontos acima, ter uma boa relação com o cliente varejista é necessária para que as vendas tenham sucesso tanto no sell in quanto no sell out. Por isso, esteja sempre em contato com o seu cliente e procure saber mais sobre o comportamento e expectativas do consumidor final, pois seu produto precisa corresponder a elas.

O sell in bem trabalhado pode fortalecer os laços que você tem com os seus clientes. Enquanto o sell out, pode entregar aos consumidores o diferencial que eles tanto esperam encontrar no seu produto. Até porque, do contrário, eles poderão buscá-lo nos concorrentes.

Essas são as diferenças entre sell in e sell out que você deve levar em conta para ter sucesso nas vendas tanto no varejo quanto no atacado. Se você gostou deste artigo, não se esqueça de me seguir nas redes sociais.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento