Seis Sigma: Uma Abordagem de Redução de Custos

Ao longo das décadas as empresas vêm buscando, criando, usando e aperfeiçoando ferramentas de melhorias para seus processos. Conceitos que até tempos atrás eram satisfatórios, atualmente são substituídos por conceitos que mais se adaptam ao mercado globalizado no qual se vive. Com o objetivo de alcançar resultados expressivos em seus processos, as empresas correlacionam os resultados de suas melhorias a indicadores financeiros, razão pela qual as mesmas existem.

Ao longo das décadas as empresas vêm buscando, criando, usando e aperfeiçoando ferramentas de melhorias para seus processos. Conceitos que até tempos atrás eram satisfatórios, atualmente são substituídos por conceitos que mais se adaptam ao mercado globalizado no qual se vive. Com o objetivo de alcançar resultados expressivos em seus processos, as empresas correlacionam os resultados de suas melhorias a indicadores financeiros, razão pela qual as mesmas existem.
Desta correlação vem a implantação do Programa Seis Sigma que busca ganhos financeiros concretos transformando o conceito de uma simples ferramenta de melhoria continua para uma ferramenta estratégica e financeira dos negócios da organização. Em Criando a Cultura do Seis Sigma (2004) Cristina Werkema define o Seis Sigma como uma estratégia gerencial que tem como objetivo aumentar a lucratividade da empresa e a satisfação dos clientes, através da melhoria da qualidade dos produtos e processos. No mercado contemporâneo, o lucro é obtido pelo preço que o mercado paga pelo produto ou serviço oferecido, menos o custo total de processo a qual a empresa tem, ou seja, o aumento da lucratividade das empresas passa pela redução de custos dos processos. Falando sobre a companhia, a General Eletric, uma das empresas pioneiras no Programa Seis Sigma, descreve que: “Seis Sigma não é uma sociedade secreta, um slogan ou um clichê. Seis Sigma é um processo altamente disciplinado que nos ajuda a se concentrar no desenvolvimento e fornecimento de produtos e serviços quase perfeitos.” O Seis Sigma não é um processo que está longe das empresas, independente da sua quantidade de funcionários, do seu faturamento ou do seu ramo de atuação, e sim uma processo necessário a sobrevivência de todas as empresas e consequentemente de todos os seus colaboradores que estão no mercado globalizado.
Os resultados a serem obtidos através da aplicação do Programa Seis Sigma nas empresas decorrem da aplicação de conceitos básicos de estatística, determinando dados concretos e corretos para a análise de processo e transformando esses dados em informações estratégicas-gerenciais para tomada de decisões através de um plano de ação para redução de custos. A utilização do método DMAIC, um dos pilares do Programa Seis Sigma, integrado aos métodos usados diariamente pelas empresas resultam na disciplinação das partes envolvidas. O envolvimento das pessoas é vital para o sucesso do programa, envolvendo todos colaboradores nos conceitos básicos de processos, fornecedores e clientes internos, tendo em vista o alcance dos objetivos da organização.
A implantação do Programa Seis Sigma busca facilitar a enculturação do conceito de redução de custos dentro da organização, e em se falando de Brasil por meio daquilo que se vê no panorama nacional, é aquém do que se pratica no restante do planeta. Com esta enculturação tornar-se-á mais próximo e através da redução de custos, o alcance de empresas e organismos que tenham um desenvolvimento de processos necessário no mundo globalizado.

ExibirMinimizar
Digital