Segurança da sua pousada - assunto sério

Quem viaja quer ter sossego. Fugir da agitação, do perigo, da insegurança. Entrar num clima de paz e sentir-se protegido. Exigência demais? Não. Quando se planeja hospedar, espera-se, no mínimo, que o local seja confortável, seguro e tranquilo. Melhor, ainda, se lembrar a extensão do próprio lar

Quem viaja quer ter sossego. Fugir da agitação, do perigo, da insegurança. Entrar num clima de paz e sentir-se protegido. Exigência demais? Não. Quando se planeja hospedar, espera-se, no mínimo, que o local seja confortável, seguro e tranquilo. Melhor, ainda, se lembrar a extensão do próprio lar.

Acredite, ninguém quer sair de casa e passar transtornos e situações inconvenientes. Afinal, turismo de negócio ou lazer é para ser aproveitado em todos os sentidos.

O dono de Pousada tem que pensar muito em segurança do local. Qualquer incidente nesta questão pode pôr em risco a imagem de seu negócio.

Você, mais do que ninguém, sabe dos problemas de segurança do lugar onde está localizada sua Pousada. Os tipos de ilícitos e as causas que os envolvem. Diante deste quadro se deve buscar qual melhor medida de segurança para seus clientes.

A onda de violência no país cresce a cada dia. Pousadeiros têm adquirido medidas extras de proteção já existente no local. A proposta é aumentar a sensação de segurança dos hóspedes na Pousada. Confira os principais pontos a serem levantados nesta questão de segurança e qual será sua resposta para cada uma delas:

  • Ocorreu algum tipo de crime nas proximidades da Pousada?
  • A autoridade policial descobriu a autoria do ilícito?
  • Qual tipo de evento ocorre com maior frequência?
  • Você tem segurança suficiente para evitar esta ocorrência aos seus hóspedes na Pousada?

  • Seu cliente sente-se protegido dentro da Pousada?

Diante das respostas, você consegue descobrir qual o grau de fragilidade da sua segurança na Pousada aos eventos externos que podem acometer seus clientes e prejudicar seu negócio.

Longe de encher a Pousada de grades em barras de ferro, muro e chapa expandida, passando a ideia da necessidade de proteção, dando temeridade aos hóspedes, certos cuidados podem ajudar a garantir a segurança.

Comece, no check-in, com a identificação dos clientes, com a exibição de um documento de identificação, para conferir se trata do hóspede esperado. Afinal, a segurança não começa apenas da porta para fora, mas a partir da entrada na sua propriedade.

Dicas de recursos recomendados à segurança da Pousada:

  • Se a iluminação pública for insuficiente precisa de proteção maior neste item no local e na entrada da Pousada, com sistemas de iluminação, como por exemplo holofotes, holofotes com sensores de presença, etc.
  • Integração de sistemas de segurança físico e eletrônico defensivos. Ou seja, um complementa o outro na sua proteção e desempenho.
  • Meios de proteção física, como barreiras perimetrais ou estruturais, como guarita, portas, portões, divisórias, etc., instalados de forma permanente ou provisória, com objetivo de desestimular a ação de ameaça ao patrimônio.
  • Os eletrônicos como meios de segurança adicional são instalados em locais principais da Pousada que ajudam no desempenho da atividade humana, melhorando sua atuação, como por exemplo, câmeras, circuito fechado de televisão, sistemas de alarme, acionadores eletroeletrônicos de portas, portões, sistemas de comunicação de rádio, etc.
  • Recursos humanos os principais de uma segurança. A sua equipe estará envolvida diretamente com a proteção da Pousada. São os seus funcionários que interpretaram os sinais dos recursos físicos e eletrônicos diante de um risco e de uma possível ameaça ao local. Portanto, devem estar instruídos, treinados e capacitados a operar, identificar e controlar todas as atividades dos sistemas de segurança.
  • Pontos de acesso vigiados eletrônica e pessoalmente por segurança em vários turnos.
  • Proibir a entrada e permanência de estranhos na Pousada.
  • Peça aos hóspedes que informe à administração toda e qualquer ocorrência anormal dentro da Pousada.
  • Outro fator importante são os meios metodológicos de funcionamento da Pousada, como a identificação de pessoas, controle de entrada e saída de carros e clientes, controle de circulação interna de hóspedes e empregados, sistema de supervisão etc.
  • Segurança no sistema de informação de dados de clientes, fundamental na proteção do sigilo, também não podem escapar aos olhos atentos dos Pousadeiros.

Atento às dicas passadas, não se descuide da mais importante. A maior das proteções é o material humano. A investigação do pessoal laboral é importante para a segurança de sua Pousada. Na seleção e na contratação da equipe atente-se às qualificações necessárias e específicas para ocupação de cada o cargo.

Além de aliar os recursos físicos e eletrônicos aos recursos humanos e organizacionais, cada Pousada deve ter seus próprios procedimentos de acordo com sua análise de risco e de suas particularidades.

Todo pessoal envolvido neste processo precisa de treinos periodicamente, para aumentar o nível de segurança do seu negócio.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento