Se Silvio Santos fosse somente bom vendedor ainda seria camelô

O texto trata da necessidade de autocrítica do empresário, quanto às suas habilidades, bem como, na composição de uma equipe com vocações heterogêneas, visando o sucesso do empreendimento

O que as pessoas precisam para empreender? Para ter o seu próprio negócio? Elas têm que atuar em uma área de sua experiência, que possuir o capital necessário etc. Costumo resumir o que os livros denominam de “perfil empreendedor” na palavra “vontade”, pois desejando, a pessoa busca a concretização.

E para o empreendimento ter sucesso? A empresa- a pessoa jurídica? Então há que se ter a combinação desta vontade do empresário, somada a uma equipe direcionada ao funcionamento eficaz da empresa.

Então, quais são atitudes que os membros da equipe de um negócio devem conter para, unidos, lograr êxito? E com quais destas vocações externadas você colabora para a sua organização?

Existem quatro comportamentos básicos, habilidades humanas, que devem estar representados nos membros de sua empresa, sendo:

- Projetar, criar, sentir a necessidade do negócio...

- Controlar, principalmente as contas, os compromissos, os investimentos...

- Captar, propagar, vender...

- Entender “de gente”, saber a vocação de cada um e distribuir as funções de acordo com suas habilidades...

Por que algumas grandes ideias colocadas em prática fracassam? Porque a vocação do empreendedor era somente a criação do projeto, a empresa não sobrevive com áreas descobertas.

A primeira atitude que o empreendedor tem que ter é a humildade, a autocrítica para se conhecer e talento para montar e gerir a equipe. Ele tem que saber qual é a sua habilidade principal e buscar as complementares, pois todas são essenciais.

O autoconhecimento favorece não só a empresa, mas a você também, pois, quando trabalhamos no que somos melhores, além do maior retorno financeiro temos a, incomparável, satisfação pessoal.

Na dúvida, contrate um treinador (coach) para auxiliar nesta missão. O sucesso de sua empresa depende de você. Lembre-se que se Silvio Santos fosse somente um bom vendedor ainda seria camelô.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento