Saia do prédio
Saia do prédio

Saia do prédio

Ficar preso aos seus achismos é perigoso demais. Você precisa ir pra rua, conversar mesmo com as pessoas

Você conhece algum brasileiro que não goste de emitir uma opinião ou que, ao menos, não tenha em sua mente um determinado entendimento sobre algo? Bom, o problema disso é quando as opiniões viram certezas, sem ao menos se checar. E no mundo do empreendedorismo isso pode ser fatal.

Esse é um conceito clássico também do mundo das startups, abordado pelo grande Steve Blank. A ideia é: não apenas confie no que você pensa e no que seus amigos mais próximos estão dizendo, vá para a rua e converse com as pessoas.

É muito comum notarmos problemas que para nós são horríveis e precisam urgentemente ser solucionados, assim como oportunidades maravilhosas... E ao falar com algum amigo a ideia se torna ainda mais brilhante, até porque já procuramos, grande parte das vezes, aquela pessoa que vai mesmo se empolgar com esse insight.

O detalhe aqui é que o mercado é amplo e a sua opinião é apenas a sua opinião. Ela pode ser ótima para uma startup, mas não é definição do mercado. Quando você nota um problema e resolve criar um negócio a partir disso, apenas pensando naquilo que você acredita, a chance de dar errado é altíssima.

Esses tempos, conheci em uma cidade média uma pessoa que estava convicta de criar uma loja de champanhes e espumantes. Essa pessoa tinha vários amigos que adoravam apreciar essa bebida e também ansiavam por ter mais variedades do produto.

Porém, essa cidade é perto da fronteira com o Uruguai, onde o champanhe custa infinitamente mais barato e normalmente é lá que as pessoas compram. O que acontece é que a maioria viaja até a cidade para fazer compras ou pede encomenda para os amigos que estão indo e, assim, adquire seus champanhes.

Ao analisar apenas essa vontade e a opinião de seus amigos, que têm condições de pagar bem mais caro pela comodidade de comprar na cidade, esse futuro empreendedor estaria abrindo um negócio pensando em seu seleto grupo e não atento ao que a maioria faz. Você já deve ter notado a grande probabilidade de isso dar errado.

No fim, essa pessoa acabou desistindo mesmo de abrir o negócio. Mas, o que gostaria de passar a vocês é que este conceito do mundo das startups e suas incertezas é fundamental para qualquer business hoje.

Ficar preso aos seus achismos é perigoso demais. Você precisa ir pra rua, conversar mesmo com as pessoas que você espera atender, conhecer suas realidades e estar pelo menos um pouco neste universo que gostaria de entrar para, assim, começar algo com iniciativas mais consolidadas e não apenas com o que pensa.

Então, para começar um negócio, saia do prédio.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento