Café com ADM
#

Resoluções para 2006

Nesta época do ano é comum fazermos aquelas famosas listas de ‘Resoluções de Ano Novo’ em que assumimos compromissos de mudanças e melhorias para nós mesmos e perante outros.

Nesta época do ano é comum fazermos aquelas famosas listas de Resoluções de Ano Novo em que assumimos compromissos de mudanças e melhorias para nós mesmos e perante outros. Sugiro a seguir alguns temas para ajudar os empreendedores e os futuros empreendedores no seu processo de auto-desenvolvimento. Escolha pelo menos cinco desta lista, pendure em um lugar visível e fixo durante todo o ano e trabalhe com afinco estes pontos e faça 2006 valer a pena.

1) Aceite mudanças: Pondere melhor sobre algum assunto que você tenha demonstrado resistência ao longo de 2005. Reveja sob outros aspectos e veja o que você tem a perder se mudar sua posição. Escolha um tema e aceite. Vença esta oposição e torne-se mais flexível. Você se sentirá incomodado, desconfortável, mas pode valer a pena no final.


2) Apóie sua equipe: Veja que idéias a sua equipe traz. Incentive-os a propor sugestões de melhoria, mesmo que tragam apenas pequenos benefícios ao trabalho deles. Patrocine alguma destas idéias. Aumente a sua delegação de poder para que eles sintam-se livres para tomar mais iniciativas e procure identificar os talentos neste processo.

3) Escreva um Plano de Negócios: Não importa se sua empresa já está funcionando ou se você não quer começar nenhum negócio novo. Um plano de negócios é sempre útil para você conhecer mais sobre o seu setor, seus concorrentes, seu mercado, suas operações internas, sua estratégia, seu modelo de negócio e suas competências organizacionais. Faça este exercício sempre.

4) Aumente seu network: Jamais subestime o poder do relacionamento inter-pessoal. Cultive seus contatos, mesmo que agora você não precise deles. Conheça uma pessoa nova por semana, de preferência que seja diferente de você. Valorize o contato pessoal. Conheça as redes de sua rede.

5) Aprenda com seus erros: Não chore o leite derramado. Isso o faz fugir de riscos e paralisar. Não tenha medo de cometer erros, aprenda com eles. Descubra o que fazer para não repeti-los. Lembre-se: os melhores empreendedores são determinados e perseverantes, não se deixam abater pelos fracassos. Para eles, o fracasso é apenas o meio do caminho e não o fim.

6) Experimente algo diferente: Saia da zona de conforto. Quando a rotina se estabelecer, pense em mudá-la. Você não conseguirá evoluir e crescer se não estiver predisposto a arriscar-se a fazer diferente e mudar o que você lutou para estabelecer.

7) Quebre uma regra: Muitas regras, normas e procedimentos existem para estabelecer a ordem e o controle. Muitas delas perderam este propósito e agora só atrapalham e travam o desenvolvimento. Descubra algumas delas, mesmo que potenciais, e experimente ignorá-las para ver o que acontece. Vá além dos limites impostos.

8) Construa uma visão do futuro: Sonhe, imagine futuros utópicos, tire alguns dias para se desligar do dia-a-dia e permitir à sua mente viajar pelo mundo de possibilidades. Então comece a se conectar novamente à realidade e visualize o seu negócio daqui a 10 ou 15 anos.

9) Melhore sua comunicação: Não caia na armadilha de achar que você se comunica bem. Este é o mal de 90% das organizações. O fato de passar uma mensagem não significa que ela está sendo interpretada como você quer. Priorize a visão do futuro e sua estratégia. Todo o resto é detalhe quando estes dois pontos estão claros a todos.

10) Aprenda algo novo: Não permita que seu negócio evolua mais rápido do que você. Ele pode se tornar mais complexo do que você é capaz de lidar. Promova seu desenvolvimento contínuo. Atualize-se sempre, adquira novas competências e conhecimentos.

11) Reduza seus recursos: Não se trata de cortar custos simplesmente, mas se tornar mais eficaz. Procurar fazer mais com menos. Reduza pessoal, reduza orçamento, encurte os prazos, use menos matéria-prima. Mas não se torne mesquinho. Use os ganhos para investir em agregar mais valor ao negócio.

12) Pense em possibilidades: Amplie sua capacidade criativa, expondo-se a estímulos e experiências diferentes e diversificadas. Visite lugares novos, experimente outros tipos de pratos ou bebidas, conheça pessoas diferentes, faça o que nunca fez, mude pontos de vista. Tudo isso o ajudará e vislumbrar alternativas inovadoras e pensar fora da caixa.

13) Pratique o coaching: Aposte em alguém e assuma o compromisso de transmitir-lhe sua experiência e conhecimentos. Ajude uma pessoa a se tornar alguém melhor do que você próprio. Tudo aquilo no qual você se tornou ao longo do tempo só faz sentido se você puder transmiti-lo às novas gerações.

14) Descubra o significado do seu trabalho: Pense nos motivos pelos quais você faz o que você faz. É por dinheiro? É por prazer? É por obrigação? É para não ficar parado? É pelo social? É por uma causa? Você se vê fazendo isso no futuro? Se você tivesse a oportunidade de fazer algo diferente, o que escolheria? Reflita.


ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.