Reflexão de Taylor no início da revolução industrial

Com o êxodo rural milhares de pessoas deixaram o campo para tentar uma vida melhor nas cidades, porém as, mas condições somadas a um sistema de trabalho ao mesmo tempo inovador e cruel mudou o rumo e impactou de grande formas as mudanças da sociedade

Em meados dos anos da década de 1800 a revolução industrial surgiu para mostrar ao mundo uma nova ordem, com novos conceitos e práticas que mudariam para sempre os processos de produção conhecidos e praticados até o momento. A importância desta veio desde pequeno processos de manufatura de produção que viriam a se tornar grandes centros até a criação de infinitos e distintos poderes bélicos que culminariam na 1° e 2° guerra mundial até os dias atuais.

O surgimento das chamadas "cidades cinzas" devido à instalação de grandes centros industriais, que em produção exalavam grandes quantidades de fumaça dai o nome citado anteriormente, ocasionaram um enorme êxodorural que veio a se iniciar na Grâ-Bretanha e rapidamente se instalou na Europa e América do norte, de acordo Robert Lucas Jr. O mesmo afirma "Pela primeira vez na história o padrão de vida das pessoas comuns começou a se submeter a um crescimento sustentado".

O êxodo rural colaborou também com a expansão das cidades fazendo surgir assm novos centros e polos de diversas culturas diferentes pessoas que buscavam uma vida melhor trabalhando nas gigantes indútrias. Como visto no filem "Tempos Modernos" de Charlie Chaplin, este retrata bem a época em que a revolução e o êxodo rural atingiam seu ápice, com o surgimento de novas classes sociais e expansão das cidades.

Porém como visto no filme citado anteriormente nem tudo são flores, o surgimento das grandes indústrias veio junto com a teoria administrativa de Taylor, onde para os burocráticos e donos das fabricas da época, o trabalhador era considerado uam extensão das máquinas, ou seja, as tarefas distribuídas eram as mesma executadas durante todo expediente pelo mesmo trabalhador, já que para os donos quanto mais o trabalhador executava em um menor tempo melhor era para a produção, vimos essa retratação na cena do filme quando Chaplin apenas aperta parafusos durante todo o seu dia de trabalho.

Outro fator que favorece o sistema de Taylor é a própria especialização, já que quando houve o êxodo rural as cidades não estavam preparadas para todas as pessoas que ali chegavam e muito menos as fabricas, a grande maioria dos trabalhadores que chegavam não tinham a mínima noção ou treinamento para execução de tarefas, assim o modelo de Taylor "caiu como uma luva" no sistema indutrial, pois cada trabalhador fazia uma simples tarefa durante todo o dia, assim sendo parte de uma grande sistema de produção como se fosse apenas uma pequena peça naquela grande máquina que eram as indústrias.

O sistema parecia perfeito aos olhos dos grandes donos, mas estes só não esperavam dois fatores: as possíveis falências ou greve que se iniciavam juntamente com o início da criação dos sindicatos buscando melhores condições para os trabalhadores. No início as greves não eram muito poderosas, se assim podemos dizer, pois a quantidade de trabalhadores era imensa, assim se um trabalhador não quisesse o trabalho teria outro que queira, nesse contexto e com a expansão das cidades cada vez maior, o desemprego começa a surgir e cada vez mais pessoas não possuíam condição de ter moradia e iam para as ruas formando uma classe de trabalhadores desempregados sem ter onde morar tendo que buscar outros meios de sustento para suas famílias.

Apesar de se iniciar a cerca de 200 anos, os vestígios do início da revolução industrial e o sistemas de Taylor perduram até hoje, são várias as empresas que utilizam o sistema para a produção e com a crise que vem assolando o pais recentemente, trabalhadores aceitam condições de trabalho e salários ruins para poderem sustentar suas famílias, assm podemos dizer que os reflexos de um passado longínquo ainda existem e podem ser a base para um futuro não muito agradável.

ExibirMinimizar
aci baixe o app