Redil

Que vos parece? Se um homem tiver cem ovelhas, e uma delas se extraviar, não deixará ele nos montes as noventa e nove, indo procurar a que se extraviou? (Mateus 18:12) Estamos entrando o novo ano, com algumas tecnologias avançadas, que poderão facilitar bastante a vida, exemplo: Celular - com televisão; Robô - que dança e brinca; Chip - analógico. Aquece 100 vezes menos do que o digital; Scanner - flexível. Pode ler qualquer superfície. Evidentemente, em se tratando de novidades, enquanto não dispomos delas, podemos substituir seu uso de forma bem prática. Por enquanto estaremos falando ao telefone pelo aparelho comum e assistindo televisão na própria “idiot box”, como chamam os americanos. Enquanto não compramos o robô, podemos dar a desculpa de que ele não sabe brincar de amarelinha. Um defeito que podemos colocar no chip analógico, é o fato de o mesmo carecer ainda de maiores pesquisas. Scanner flexível. Ah, não! Isso eu faço com a máquina digital. Viu as desculpas? Resumindo: robô, chip, scanner... viagens interplanetárias podem esperar. Tudo vai depender do Redil. É isso aí, Redil. Você pode exclamar: -- “woloco”! De que se trata? Explico: Onde estão seus clientes? Cadê aquela família que aparecia na loja uma vez por semana? E aquele rapaz gordo que gostava de brincar? Redil é o local onde as ovelhas são bem tratadas pelo seu dono. Elas se sentem muito bem, conhecendo a própria voz do seu possuidor. Olhe para sua relação de clientes e verifique quem continua comprando e não esqueça de incentivá-los a continuar adquirindo produtos no seu Redil, ou seja, sua firma. Não esqueça de procurar, aqueles que sumiram, trazendo todos para o Redil. Quando o pastor é zeloso, diariamente conta todos os simpáticos animais. Se faltar um, não terá sossego até encontrá-lo e juntar aos outros. Não podemos agir de outra forma com relação ao cliente. Precisamos atender mais e mais suas necessidades, facilitando sua vida. Conheci um empresário em Curitiba, que não delegava a ninguém a nobre tarefa de ligar para todos os clientes, nas datas natalícias. Para ele era um grande prazer, como principal sócio de uma importante empresa, desempenhar essa agradável atividade. O retorno, segundo declarara, era fabuloso, não deixando nenhum cliente fora do seu Redil. A conquista de novos clientes e a manutenção dos atuais, aumenta nossa lucratividade, permitindo-nos dispor de mais caixa, para investir na empresa e, quiçá, gastar com a aquisição de novidades “brindadas” pela tecnologia. Aí sim, não precisa você imitar a personagem da Raposa e as Uvas do escritor La Fontaine, que não podendo alcançar a videira, dizia que seus frutos estavam verdes. Lembre-se de uma coisa, ovelha é bicho que se ama. Cliente é o sangue da empresa. O lugar de todos é o Redil.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.