QUANTO CUSTA PERDER UMA MARCA?

É engraçada a reação das pessoas quando entrego meu cartão de visitas, ao lerem E-Marcas a primeira reação é dizer eu já tenho marca registrada... como uma defesa, como se eu fosse um predador e eles a caça. Claro que a maioria não tem sequer um pedido de registro, quanto mais a marca registrada, mas tem medo da abordagem e da exposição, de admitirem que estão desprotegidos já me acostumei com essa realidade. Mas esquisita mesmo é a afirmação que alguns fazem: ah, se der problema eu mudo de marca. Não é engraçada? Parece fácil, uma coisa corriqueira... se não dá certo ir pela esquerda, vamos pela direita e pronto! Claro que discordo completamente dessa afirmação, mas podemos dizer que sou parte interessada então vamos analisar friamente a questão e pelo ponto que realmente interessa: QUANTO CUSTA MUDAR DE MARCA? Se tiver que mudar de marca, muitas vezes terá que alterar a Razão Social na Junta Comercial e na Receita Federal (CNPJ), isso através de um contador, digamos que seja um parente ou um amigo e cobre uns R$ 300,00. Mudamos também a fachada da empresa, se for pintada gasta-se uns R$ 500,00 ou R$ 600,00 mas se tiver aqueles back lights ou coisa assim, o custo pode chegar a 4-5 mil. Material impresso: folha timbrada, cartões de visita, notas fiscais, pastas, etc... uns R$ 1.500,00 ou mais. Pintura dos carros, uns R$ 300,00 por carro se o chapista for da família. Anúncio na lista telefônica... xi!!! Esse só no próximo ano!!! Avisar todos os clientes que mudou de nome... difícil dizer quanto se gasta nessa função, depende se vai ser por carta, e-mail, telefonema ou pessoalmente... Mesmo assim, ainda tem uma coisa que não consideramos:
PROCESSO JUDICIAL. Se você tiver que mudar de marca, provavelmente é porque já existe outra empresa que tem essa marca registrada e, segundo a lei 9.279, essa empresa pode exigir uma indenização por você ter usado a marca deles, sem autorização... essa indenização geralmente fica entre 3 e 5% do faturamento bruto dos últimos 5 anos. Mas torça para que eles também não peçam indenização por dano moral e material, além de desvio de clientela, porque se fizerem isso... o prejuízo pode ser bem maior! Agora pergunto:

vale a pena? O registro da marca garante, antes de mais nada, a possibilidade de usar a marca tranquilamente, sem correr o risco de, da noite para o dia, ter que mudar de nome e ainda pagar indenização para alguém. Alguns empresários acham que o registro de marca só serve para você impedir alguém de usar sua marca, mas serve também para não ser impedido e isso é muito mais importante! Se você faz seguro do carro, da casa, tem plano de saúde, etc... porque não protege a marca da sua empresa que, provavelmente é de onde sai o dinheiro para pagar o carro, a casa e tudo mais... ? Não é lógico? E-Marcas Serviços em Propriedade Intelectual SS Ltda

http://www.e-marcas.com.br
Exibir