Café com ADM
#

Qualidade de Vida na Administração das Finanças Pessoais

O que fazer para que o funcionário tenha consciência da necessidade do planejamento das contas pessoais nos dias de hoje? Sabemos muito bem que as pessoas que estão com problemas na vida financeira levam estes problemas para dentro da empresa. Isto pode ocasionar um mal relacionamento entre os colegas, má produtividade e também pode expor o funcionário a um acidente de trabalho. A pessoa que está com problemas financeiros, além de estar prejudicando a empresa, deve estar com problemas de relacionamento em casa sem contar que pode ocasionar problemas de saúde e possíveis afastamentos. Porém medidas como empréstimos subsidiados, promoções e aumento de salário não são soluções para estes problemas. O funcionário que não possui o planejamento financeiro certamente vai estar com os mesmos problemas financeiros após receber um aumento de salário ou um empréstimo subsidiado pela empresa. O que existe é a falta da educação financeira. Décadas de inflação fizeram que os brasileiros não tenham inseridos culturalmente a necessidade de se viver com a renda que se consegue gerar. Não se trata do valor que se consegue como fruto do trabalho, mais sim da maneira que se gasta esta renda gerada. Recebemos de todo lado hoje a pressão do consumismo: Ligamos a televisão e podemos ver novelas onde só existem carros importados, viagem maravilhosas, roupas da moda e pessoas esbanjando dinheiro. Ligamos a internet onde podemos comprar qualquer coisa em qualquer lugar do mundo sentados de pijama na frente do computador. Temos maravilhosos supermercados e Shoppings Centers onde a variedade e qualidade de produtos é maior a cada dia. Dentro da carteira carregamos talões de cheque especial e cartões de crédito internacionais sem nunca viajarmos ao exterior. Tudo isto e a facilidade hoje que se tem de gastar dinheiro. É muito fácil pois praticamente não recebemos para os gastos. Podemos comprar e simplesmente passar o cartão na máquina, sem realmente sentir a saída do dinheiro. Os funcionários que possuem uma renda menor, tem coragem de chegar no RH ou serviço social e pedir ajuda. Porém os funcionários que possuem uma renda melhor normalmente não demostram dentro da empresa suas reais condições pois existem no mercado várias formas para ele rolar suas dívidas. As empresas podem conscientizar os funcionários, através de palestras, cursos ou atendimentos individuais que a falta do planejamento financeiro está lhe trazendo uma má qualidade de vida hoje e principalmente no futuro, sem contar que a forma como cada indivíduo controla suas finanças hoje é a mesma forma que seu filho vai controlar a vida financeira dele no futuro. Os juros pagos hoje em dívidas poderiam estar sendo utilizados para a constituição de uma reserva financeira para a faculdade do filho ou para a sua aposentadoria. Tudo isto pode ser conseguido sem mágica e depende exclusivamente de cada um. Temos a mania de colocar a culpa no governo que aumenta tudo, na empresa que paga mal, na esposa ou marido que gasta muito, mais muitas vezes nos esquecemos de nos mesmos. Mais de 90% das pessoas que possuem dívidas hoje estão com elas devido a inexistência do planejamento financeiro. Cada pessoa deve colocar a mão na massa, traçar objetivos que motive ela e sua família a promover um programa controlar os gastos. Isto não é fácil e não se consegue de um dia para o outro. Depende de mudança de hábitos na forma como você gasta e administra seu dinheiro, e depende unicamente da pessoa e da família, pois esta dívida foi gerada por um mal planejamento financeiro da própria família. Por isso não insista em levar uma vida financeira acima das suas reais possibilidades de renda. Viva bem de acordo com aquela renda que você e sua família conseguem gerar. O mês de janeiro, é o mês onde se concentram um grande volume de gastos. São impostos, matricula dos filhos, material e uniforme escolar, férias e também a ressaca do natal. Porém tudo isto hoje e previsível. Você pode não saber o valor dos gastos que você terá no próximo janeiro, porém, você tem certeza de que eles acontecerão e baseados nos gastos de janeiro passado você pode muito bem se planejar para isto. O quanto antes você começar melhor. Nos brasileiros não temos a cultura do planejamento financeiro, porém hoje podemos com certeza planejar e analisar o futuro que queremos para nós. Cada pessoa deve assentar com toda a família estabelecer prioridades e colocar a casa em ordem com relação as finanças pessoais, pois a boa administração das finanças pessoais lhe trará com certeza uma melhor qualidade de vida. Autor: Erasmo Vieira Consultor de Finanças Pessoais www.plannerfinancas.com.br erasmovieira@plannerfinancas.com.br
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.