Qual é o seu plano?

Se alguém perguntar o que pode acontecer no próximo turno, na próxima semana ou no próximo ano, você não tem como saber, certo? Errado! Um planejamento ou um plano nada mais é do que determinar a direção a ser seguida para alcançar um resultado. Mas, e quando não se tem um plano?

Todos nós, ou pelo menos a maioria de nós, crescemos sendo treinados para compreender que não é possível prever o futuro, e ainda poderíamos denominar isso como destino ou vontade divina. Porém, em algum momento de nossas vidas, ouvimos que precisamos agir para construirmos o futuro que queremos, e é quando é cobrada uma decisão sobre a profissão escolhida a ser seguida, com quem vamos nos casar, onde vamos morar, etc, ou seja, existe algum nível de previsibilidade e depende, ao menos em alguma parte, diria em grande parte, da nossa capacidade de idealização, o que pode ser chamado de planejamento.

Mas o que é planejamento e por que ele é tão importante para justificar o que acontece em nossas vidas? Simples: planejar é tomar decisões, no presente, projetando o seu futuro. É ter um plano sobre como você deseja que ocorra o curso de sua carreira, sua família, sua espiritualidade, enfim, os aspectos de sua vida, ou seja, definir seus rumos com base em objetivos, fatos e estimativas, delineando o que fazer, quando fazer, a maneira de fazer e quem fará. Confúcio parece apoiar o planejamento, quando afirma que “aquele que não prevê os acontecimentos a longo prazo se expõe a infelicidades próximas”.

É bem verdade que há contingências sobre as quais não se tem controle, mas sobre acontecimentos perfeitamente controláveis, um plano bem estabelecido ajuda a superar dificuldades, pois você saberá que é uma fase, inclusive visualizando o que está por vir. E, claramente, um bom plano admite modificação, adaptação, se necessário.

Imagine que você tivesse que mencionar agora quais são seus planos de hoje a 2020, mas não poderia ser uma menção vaga, como aquelas que dizem “viajar, me aperfeiçoar profissionalmente”, mas deveria mencionar metas com data e detalhes de operacionalização. Você teria facilidade em esboçar?

O que você acha que acontece quando não se tem um plano? O que faz com que você não tenha um plano (caso não tenha)? Quem você acha que tem mais chances de alcançar objetivos: aquele que tem um plano de alcance ou aquele que não tem?

Por que você acha que chega em seu lar todos os dias? Porque tem um plano, um caminho a ser seguido. Sem ele você se perderia pelos logradouros e não chegaria lá. Seu plano é a sua ponte que vai do ponto que você está ao ponto que você quer chegar. Que tal elaborar o seu agora?

ExibirMinimizar
aci baixe o app