Precisa-se com urgência de um líder

O momento que o país atravessa sem dúvida alguma, é um dos mais delicados já vividos e se agrava dramaticamente com as prisões realizadas esta manhã pela polícia federal em Brasília e outros estados

O momento que o país atravessa sem dúvida alguma, é um dos mais delicados já vividos e se agrava dramaticamente com as prisões realizadas esta manhã pela polícia federal em Brasília e outros estados. Já haviam suspeitas sobre o presidente do congresso, presidente da câmara e agora contra o líder do governo no senado, um dos presos esta manhã, juntamente com o banqueiro do BTG.

O país que se arrastava para tomar decisões cruciais para, digamos, a sua sobrevivência e independência, após os fatos desta manhã, se coloca em estágio de letargia sem saber o que fazer, para onde ir, com quem contar e sem nenhuma perspectiva de um futuro melhor para todos nós.

O mercado financeiro entra em alerta máximo com a prisão do banqueiro do BTG e, com certeza, os olhos dos investidores internacionais estão focados no que pode acontecer. Já haviam dúvidas sobre outros bancos, mas agora é uma realidade. Essa ainda era uma barreira para novos rebaixamentos e desconfianças internacionais, mas agora todo o cenário político econômico parece contaminado e será muito difícil “cura-lo”.

As margens deste cenário caótico, mas não menos envolvidos, estão empresas e trabalhadores. Todas as informações que recebemos apontam para um cenário igual ou pior para 2016 e ninguém em sã consciência vai se arriscar a dar um passo que não seja em direção a cautela, em compasso de espera.

Vejo que estamos perdidos no meio de tanta desinformação, desmandos, falcatruas, mentiras, delações, prisões, e já não sabemos mais em o que, em quem ou porque acreditar. Estamos acéfalos no meio do tiroteio.

Tenho plena convicção de que tudo isso é passageiro, mas não tenho dúvidas de que precisamos urgentemente de um Líder que assuma a direção e nos dê uma esperança de que tudo, com muito trabalho e sacrifício, vai mudar. Os gestores atuais não possuem mais identidade moral para conduzir o país para um lugar melhor. Não possuem a nossa confiança que a cada dia é mais abalada com novas notícias que atingem em cheio a cúpula política que deveria estar lá para nos proteger, defendendo nossos direitos e não enfiando a mão nos nossos bolsos e cuidando apenas do seu bem estar. Precisamos de alguém que consiga unir esforços, não para beneficiar uma meia dúzia, mas para fazer o que tem que ser feito (independentemente do que seja) para voltarmos a ter orgulho de ser brasileiros.

Além de tudo o que estamos lendo hoje sobre as prisões realizadas, também somos obrigados a ler que existe um “perigoso canal de vazamento” de informações sigilosas da Lava-Jato para beneficiar pessoas poderosas.” http://oglobo.globo.com/brasil/teori-vazamento-na-lava-jato-beneficia-pessoas-poderosas-18136556#ixzz3sWgOqbgN Ou seja, quando pensamos que já chegamos ao fundo do poço, temos ainda um longo caminho a percorrer.

Sempre ouvi que o Brasil era o país do futuro. Mas, que futuro podemos imaginar para nossos filhos e netos diante de tant lama

Realmente precisamos urgentemente de um Líder. Pense nisso e faça a sua parte. Não venda seu voto, não acredite em milagres, não aceite esmolas, não troque seu voto por um emprego, seja ético, honesto, respeite as Leis, assuma seus erros, exija respeito, saúde, educação, segurança e todos os seus direitos definidos pela Constituição Federal. Dê o exemplo e ande de cabeça erguida. Não faça como muitos estão fazendo neste momento, se escondendo pensando no que irão falar porque sabem que estão no meio da lama.

Precisa-se com urgência de um Líder.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento