Perdendo emprego por conseguência dos seus méritos

Como todos podem acompanhar através dos jornais, a Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva pediu demissão de seu cargo. Algo que todos já estavam esperando ocorrer havia um tempo, devido às criticas realizadas pelo nosso Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Críticas essas não originadas pela falta de trabalho de Marina Silva, mas sim pelo seu ótimo desempenho no cargo.

O choque de interesses entre Pensadores Operários e Defensores Ambientais era a principal briga. As empresas, que para produzir acreditam que é necessário destruir o meio ambiente onde atuam, pedem proteção ao rigoroso Ministério do Meio Ambiente chefiado pela Marina Silva, que protegia o meio ambiente e demonstrava que o lucro poderia ser adquirido sem a destruição do meio em que vivemos. Como o seu superior é o PT, um partido operário que entende que crescimento é aumento de fábricas, a Ministra não recebia o devido apoio superior e muitas das vezes foi ofendida e vítima de piadas nos corredores parlamentares.

Com tudo, o que o governo não enxerga é que a população não pára de crescer e ainda está vivendo por muito mais tempo, ou seja, muito mais gente consumindo por um período cada vez maior, aumentando assim a degradação. Plásticos que agridem menos o meio ambiente ou outro tipo de energia já existem, mas os governos mundiais não querem incentivar o consumo consciente. Quais as principais diferenças de utilizar álcool ao invés de gasolina? Muitas, visto que o petróleo é considerado a principal riqueza energética mundial.


Infelizmente, histórias como a da Marina Silva ocorrem com freqüência em organizações privadas. Mas a grande diferença é que os únicos envolvidos são alguns funcionários e a empresa, já na história Ministros versus Presidente da República quem sai perdendo é uma nação inteira.

Conclui-se então que o substituto da Ministra Marina Silva deverá ter mãos-de-ferro para poder realizar um trabalho tão bom quanto o realizado atualmente, senão acabará sendo manipulado e a Amazônia será apenas uma lembrança figurada nos livros de história. É... o próximo Ministro ficará com a corda no pescoço.

etiquetanosnegocios.blogspot.com

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    Ligia Galvão

    Ligia Galvão

    Consultora de Inteligência de Mercado apaixonada por dados.
    café com admMinimizar