Pare, pense e priorize

O cotidiano de sua empresa está consumindo seu tempo e sua energia? Cuidado, talvez você precise rever suas prioridades e organizar alguns processos para ter mais consciência e racionalidade, do que velocidade.

Como você enxerga sua empresa e o mercado em que está inserido, consegue ver todas as nuances do seu negócio de forma clara? Pergunta difícil, concorda? Digamos que sua empresa esteja passando por momentos de dificuldade e que a angústia do dia a dia esteja consumindo toda a sua energia. O que fazer para maximizar os resultados?

Vida de empresário é pensar em tudo ao mesmo tempo, porém esse turbilhão de informações e decisões muitas vezes bloqueia os insights necessários para fazer o negócio avançar. Se analisarmos o contexto, isso é perfeitamente natural, porém não significa que seja produtivo e que não possa ser mudado.

O status de super-homem é dispensável se temos o corpo e a mente destruídos porque optamos por abraçar o mundo de forma desordenada. Atualmente, temos muita dificuldade de ordenar as coisas de forma que a sequência seja produtiva e gere resultado, afinal de contas, damos atenção a tudo e a todos – se é que podemos chamar este processo de ‘atenção’. Cada um de nós, lá no íntimo, pensa o seguinte: se cada um receber um pouquinho está valendo. Mas não é bem assim!

Em contrapartida, em outros momentos conseguimos definir as prioridades, mas não conseguimos cumprir com o nosso cronograma de atividades, pois há sempre algo para desviar o foco.

Voltando a primeira pergunta: é importante que você avalie de forma clara cada área da sua empresa e vá implementando mudanças gradativas. Lembre-se que a consistência é mais importante do que a velocidade. Para que uma mudança seja perene ela deve se transformar em um hábito, em mudança de cultura.

Mas eu não tenho tempo para esperar! E aí, como fica? Na realidade, todos nós corremos contra o tempo, e esse processo é uma bola de neve. Ou paramos para racionalizar nossa vida, nossos processos e aprendemos a dizer ‘não’ para aquilo que não agrega ou entramos em uma espiral negativa.

O fato de usarmos o ‘não’ com mais frequência não deve ser visto como um mecanismo de descarte de alternativas, mas, sim, de sinônimo de avaliação e direcionamento. Muitas vezes, confundimos esse processo com alienação ou estagnação, porém não é o caso. Essa habilidade nos traz a competência de utilizarmos melhor o nosso tempo com aquilo que é realmente importante.

Portanto, foco é a palavra! Neste sentido, direcione seus esforços para aquilo que agrega valor, trabalhando as questões importantes, antes das urgentes ou circunstanciais. Na realidade, achamos que o urgente é o mais importante, porém esquecemos que o urgente é algo que foi deixado para a última hora e que nem sempre traz resultado.

Talvez você não concorde comigo, mas penso que mais vale tomar poucas decisões com clareza de propósito e visão do que muitas decisões que, somadas, não levam a empresa, o negócio ou a vida para lugar algum. Não existe nada mais produtivo que a definição, a manutenção e o cumprimento de objetivos priorizados com consciência e racionalidade. Não estou descartando as emoções nesse contexto, pelo contrário! Até para compreendê-las você precisa de tempo e foco.

Por mais absurda que seja esta frase, ela cabe exatamente para o nosso tempo: “Para ter sucesso, lembre-se sempre que a prioridade é manter as prioridades em primeiro lugar”.

Portanto, se está difícil, complexo e sem um norte claro, pare, segmente e trate cada processo de forma fracionada, com a profundidade necessária para que a ‘torneira seja efetivamente fechada’. Por analogia, se não agirmos desta forma o ‘gotejamento’ não para e daqui a pouco ficaremos sem água, sem recursos, sem pessoas e sem família. Pense nisso!

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    Uilker Benkendorf

    Uilker Benkendorf

    Consultor, Coach e Diretor da Florença Empresarial - Consultoria e Assessoria. Experiência profissional como consultor e executivo na gerência e diretoria administrativa financeira de médias e grandes empresas nacionais por mais de 15 anos. Bacharel em Administração de Empresas pela Universidade Regional de Blumenau (Furb); Pós Graduado em Marketing Empresarial pela Business School FAE/CDE – Faculdades Bom Jesus; com Certificação Internacional de Coaching, Mentoring & Holomentoring ISOR® com foco em Life, Self & Professional Coaching pelo Instituto Holos e ICF – International Coach Federation.
    café com admMinimizar