Para quem vai às ruas (independente da bandeira)
Para quem vai às ruas (independente da bandeira)

Para quem vai às ruas (independente da bandeira)

Basta uma gota de ódio num oceano de razão para contaminar o pensamento, as palavras e as consequentes atitudes. Não é com sangue que se lava o chão do País

Gentileza gera gentileza. Violência gera violência.

A violência não é argumento para frear a violência. Violência é inqualificável: não existe melhor ou pior.

É nos momentos de crise que vemos onde nosso coração nos situa: ao lado dos princípios que defendemos, ou das atitudes que condenávamos.

A democracia está em risco. A violência não é defesa.

A corrupção é real. O combate não é com agressão.

Tolstói, no livro “O Reino de Deus está em Vós” – um verdadeiro tratado sobre a não violência, livro que serviu de inspiração para Gandhi - disse:

“O princípio da não resistência ao mal por meio da violência foi atacado por dois campos opostos: pelos conservadores, porque esse princípio teria impedido a resistência ao mal causado pelos revolucionários, (...) e pelos revolucionários, porque esse princípio impedia a resistência ao mal causado pelos conservadores.”

Basta uma gota de ódio num oceano de razão para contaminar o pensamento, as palavras e as consequentes atitudes.
Não é com sangue que se lava o chão do País.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento