Os 7 P's do Marketing

Há mais de 20 anos os empreendedores pautam seus negócios em metodologias consagradas do marketing, que se convencionou chamar de os quatro famosos Ps do marketing. Esses Ps derivados de definições de palavras inglesas foram adaptadas para as línguas dos mais diversos mercados: place, price, promotion e product. Com a tradução para a língua portuguesa, obtivemos os atuais conceitos que norteiam os empresários empreendedores quando planejam seus negócios. Praça: localidade onde serão feitas as instalações. Aqui são feitos os estudos de escolha de local adequado para se viabilizar o negócio, seu layout. Preço: ação realizada frente à questão da prática de agregar um valor monetário a algo, ou seja, atribuir um valor aos produtos que serão disponibilizados ao mercado. Sua adequação de valores que o mercado suporta ou comporta. Promoção: ações promocionais que estarão incidindo sobre o produto e/ou serviço, de forma a estimular a sua comercialização e divulgação. Produto: esse é o elemento que receberá as ações. É o foco em questão, aquele que será disponibilizado ao mercado, que pode ser um produto ou serviço. Nesse momento, o intuito não é abrir esses quatro conceitos, inclusive porque estão tão inseridos no mercado que até intuitivamente são aplicados. Na verdade, esse artigo serve para levantar uma questão importante. Muitos empresários prendem-se na escolha e concepção do produto, na montagem da estrutura das lojas e sua localização, formata preços e promoções. Quando as portas se abrem para o cliente, ficam com a sensação de que muito trabalho e investimento foram feitos. Porém, o cliente não parece reconhecer. A evolução constante do mercado e a tendência de exclusividade que cresce entre os clientes fizeram com que a atenção dos profissionais de marketing ampliasse e adaptasse três novos conceitos para responder aos novos rumos do mercado moderno. Eles são ferramentas do marketing de relacionamento, que ainda não foram adequadamente incorporadas ao dia-a-dia das empresas. Os sete Ps do marketing Os sete Ps do marketing agregam, além dos quatro iniciais, outros três: pessoas, processos e percepção. Em inglês, people, process e physical evidence. Esses três Ps fazem toda a diferença. Pessoas: quando analisamos os clientes, devemos voltar a atenção para quem está atendendo e quem será atendido e prospectado diante do grande mercado óptico. Essa definição é de extrema importância no momento de nortear as bases a serem seguidas por qualquer plano de ação, preparando ações que atendam os anseios e hábitos existentes nos grupos de consumidores. Só dessa forma os empresários poderão atender as necessidades existentes a partir de dados e hábitos dos consumidores. Processos: diretamente relacionado com as ações que vamos tomar para alcançar os objetivos de satisfação dos clientes. Os processos estão diretamente ligados à geração de lucros, pois ações bem planejadas e executadas de acordo com o perfil e expectativa dos clientes são vitais para a diferenciação de um negócio para outro. O suporte à área comercial também está ligado ao campo de ação do marketing de relacionamento. Percepção: novas atribuições devem ser geradas constantemente e monitoradas de forma a apresentar resultados positivos e lucrativos para as bases empresariais. Os clientes, cada vez mais exigentes e tendo mais acesso às novidades, procuram hoje pelo especial e exclusivo, pondo fim ao consumo de massa. Para tanto, todo planejamento e ações que viermos elaborar devem estar voltados para obter a percepção do cliente. É a percepção de satisfação de expectativas que o fará voltar para novas aquisições e o tornará um cliente fidelizado
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.