Oito dicas que ajudam a lidar com a pressão e o estresse.

Saber lidar com as outras pessoas nem sempre é tarefa fácil . Principalmente com as muitas cobranças que temos nos dia atuais, em que não temos tempo para nada. Ficamos nervosos e doentes cada vez mais, motivos não faltam.

O índice de doenças provocadas pelo estresse e problemas cardíacos nas empresas são muitos. Preocupamos muito com o tempo, o trabalho, a família e esquecemos de cuidar de nós e quando vamos ao médicos ainda ficamos surpresos com os problemas encontrados.

Obviamente que não existe uma receita definitiva para esses problemas, mas sempre cabe mais algumas dicas para nos auxiliar e pensar no caso.

Vamos sempre ao mecânico ou as oficinas consertar os nossos carros ou mesmo fazer uma manutenção preventiva, mas não vamos regularmente ao médico, cuidar da nossa saúde, principalmente nos homens.

Maquinas e equipamentos necessitam de reparos, troca de óleo e manutenção, com nós não é diferente. Caso contrário pagaremos um preço muito alto com o comprometimento da nossa saúde, com isso não teremos condições de realizar nenhum trabalho. Especialistas do minha vida também comentam o seguinte:

No trabalho, com os familiares, na escola, no relacionamento e em qualquer ambiente ou situação que nos coloque em contato com outras pessoas, estamos sujeitos ao surgimento de pressões psicológicas ou situações limite ocasionados por influências externas.

É importante a pessoa estar vigilante para perceber se além da pressão externa ela não está acumulando cobranças internas.

Existem pessoas detalhistas, perfeccionistas e que não lidam bem com erros, julgamentos e comentários alheios ou falhas que costumam viver em constante cobrança consigo mesma. Esse hábito resulta em mais cobrança e uma maior carga de estresse e cansaço na vida da pessoa.

A insegurança pode colaborar na piora da situação, pois leva o indivíduo a se esforçar constantemente em busca da satisfação do outro. Mas é preciso pensar e considerar qual é a importância da aprovação externa em sua vida, para que o desgaste seja diminuído.

Para evitar o estresse e o desgaste que podem surgir em decorrência do excesso de pressão e cobrança, preste atenção nas suas ações e procure incorporar novas atitudes.

Confira abaixo formas de lidar com as situações de pressão:

A insegurança pode colaborar na piora da situação, pois leva o indivíduo a se esforçar constantemente em busca da satisfação do outro.

1- Cuidado com cobranças excessivas:

Fique atento para não se cobrar excessivamente por algo que já está sendo cobrado por terceiros. Diante muita cobrança, você poderá sentir desânimo, falta de força e de estimulo para cumprir o que foi delegado.

2- Evite idealizar soluções:

Diante de um problema ou um prazo a ser cumprido, analise de forma concreta e lógica a melhor forma de resolvê-lo e parta para a ação. Ao ficar idealizando soluções você pode "ficar preso" a cobranças e soluções irreais a respeito do que deve ser feito e não conseguir sair da ideia para partir para a ação.

3- Analise a importância do outro:

Existem pessoas que sempre têm atitudes ou palavras que nos desagradam e irritam. Para lidar com elas, pense qual o tamanho da importância que essa pessoa tem na sua vida e se vale a pena gastar o seu tempo e se estressar com o que foi dito. Pense que naquele momento pode haver outras questões mais importantes para esquentar a cabeça do que um comentário maldoso.

4- Adquirir maior segurança:

Pessoas inseguras sofrem muito quando pressionadas, pois se questionam o tempo todo se vão dar conta daquilo ou se tem condições de resolver o problema. Se você está em determinada função é porque tem capacidade para tal.

5- Analise e assuma a sua responsabilidade pelos atos:

Diante de um conflito reavalie as suas atitudes e tente perceber se não teve alguma atitude que o desencadeou. Ao perceber a situação converse com as pessoas envolvidas e peça desculpas.

6- Cuide da saúde:

Procure perceber se o seu corpo está mostrando sinais físicos de cansaço e cobrança, como dor de cabeça, insônia, dor de estomago, irritabilidade, ganho de peso, dificuldade de concentração e etc. Caso você não esteja se sentindo bem, procure primeiramente um médico e depois um psicólogo.

7- Tenha momentos de relaxamento e prazer:

É importante ter momentos que nos proporcionam relaxar e "desligar" um pouco dos acontecimentos para relaxar a mente e o corpo. Outro ponto positivo é que quando nos "afastamos" dos problemas, conseguimos vê-los por outra ótica e encontrar novas soluções.

8- Se respeite:

Todos nós temos limites. Ninguém é tão forte a ponto de agüentar tudo e nem tão fraco a ponto de não dar conta de nada. Portanto, se existem situações que estão além do seu limite, reconheça e peça ajuda para as pessoas próximas.

Caros leitores lembrando de mais um detalhe, que comento sempre:

"Temos que trabalhar para vivcer e não viver de trabalhar".

ExibirMinimizar
aci baixe o app