Café com ADM
#

Odeio meu chefe!

Todo o chefe é odiado de alguma maneira por um de seus subordinados simplesmente por exercerem a função de liderança. Estes estereótipos criados pelo homem atrapalham o dia a dia destes profissionais.

Aonde está o problema, no chefe ou no seu subordinado? Vamos supor que o problema esteja no chefe, mas você precisa dele para continuar no emprego, caso contrário, perderá o seu trabalho. São poucos os casos de sucesso de profissionais que conseguem afastar seu chefe de suas funções. Existem situações consideradas graves quando exercidas em um cargo de poder, podendo ser utilizadas como argumento para questionar a posição de um chefe, tais como, abuso de poder e assédio sexual, caso contrário, será bem mais difícil.


Se o problema for o subordinado e não o chefe, a empresa deverá procurá-lo para conversar antes que o problema fique bem maior do que pareça e acabe atrapalhando o rendimento dos processos de negócio. Infelizmente, todo o chefe é odiado de alguma maneira por um de seus subordinados simplesmente por exercerem a função de liderança. Estes estereótipos criados pelo homem atrapalham o dia a dia destes profissionais.


A solução deste problema poderá ser amenizada na contratação. Hoje com as redes sociais as empresas podem saber o perfil de seus profissionais antes de contratá-los, principalmente através de seus scraps compartilhados. Observem que existem pessoas que só entram para criticar e falar mal de tudo e de todos, não dão solução para nada simplesmente reclamam de seus professores, pais, amigos, eventos culturais, enfim, não estão nunca felizes com nada.


A crítica infundada ocorre quando temos medo de superar nossos próprios obstáculos, quando isso acontece acabamos jogando a culpa em nossos superiores ou outros responsáveis. Por isso, cuidado antes de criticar veja se você está agindo de forma correta ou somente tentando esconder o verdadeiro problema.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.